Lista de Versículos Vida prática

Diaconato, Ação Social, Justiça Social, Assistência Social, Caridade, Esmolas, Pobreza x Riqueza: Lista de Versículos

O objetivo deste post é fornecer uma lista de versículos sobre a questão social nas Escrituras. A lista é somente representativa, já que uma lista com todos os versículos da Bíblia que se relacionam com o assunto seria muitíssimo maior do que a presente lista. Não estou entrando no mérito da propriedade e correição dos termos acima, isso fica para outros posts. Também não estou propondo que a ação social seja a missão primordial da Igreja ou que seja igual em importância à pregação do evangelho, não o é. A pregação do evangelho da salvação pela graça mediante a fé é sempre primordial. Cuidar dos pobres e reivindicar por justiça são tarefas auxiliares dos cristãos. Finalmente, o objetivo da Igreja não é resolver os problemas do mundo – Cristo o fará no tempo certo – mas, sim, cuidar daqueles que são da família da fé e ensinar os cristãos a exercerem compaixão para com todos. Vamos aos textos!

ANTIGO TESTAMENTO

Gênesis 18.19: 19 Porque eu o escolhi para que ordene aos seus filhos e a sua casa depois dele, a fim de que guardem o caminho do Senhor e pratiquem a justiça e o juízo, para que o Senhor faça vir sobre Abraão o que lhe prometeu.

Levítico 19.15: 15 — Não seja injusto ao julgar uma causa, nem favorecendo o pobre, nem agradando o rico; julgue o seu próximo com justiça.

Levítico 19.35–36: 35 — Não cometam injustiça no juízo, nem na vara para medir, nem no peso, nem na quantidade. 36 Tenham balanças justas, pesos justos e medidas de cereais e de líquidos que sejam justas. Eu sou o Senhor, o Deus de vocês, que os tirei da terra do Egito.

Deuteronômio 10.17–19: 17 Pois o Senhor, o Deus de vocês, é o Deus dos deuses e o Senhor dos senhores, o Deus grande, poderoso e temível, que não trata as pessoas com parcialidade, nem aceita suborno. 18 Ele faz justiça aos órfãos e às viúvas e ama os estrangeiros, dando-lhes comida e roupa. 19 Portanto, amem os estrangeiros, porque vocês foram estrangeiros na terra do Egito.

Deuteronômio 24.17–18: 17 — Não pervertam o direito do estrangeiro e do órfão; nem tomem em penhor a roupa da viúva. 18 Lembrem-se de que vocês foram escravos no Egito e de que o Senhor os resgatou de lá; por isso lhes ordeno que façam assim.

Deuteronômio 27.19: 19 — “Maldito aquele que perverter o direito do estrangeiro, do órfão e da viúva.” E todo o povo dirá: “Amém!”

Salmo 12.5: 5 “Por causa da opressão dos pobres e do gemido dos necessitados, eu me levantarei agora”, diz o Senhor, “e porei a salvo aquele que anseia por isso.”

Salmo 68.5–6: 5 Pai dos órfãos e juiz das viúvas é Deus em sua santa morada. 6 Deus faz com que o solitário more em família; liberta os cativos e lhes dá prosperidade; só os rebeldes habitam em terra estéril.

Salmo 82.1-4: 1 Deus toma o seu lugar na congregação divina; no meio dos deuses, ele julga. 2 Até quando julgarão injustamente e tomarão partido pela causa dos ímpios? 3 Defendam o direito dos fracos e dos órfãos, façam justiça aos aflitos e desamparados. 4 Socorram os fracos e os necessitados, tirando-os das mãos dos ímpios.

Salmo 106.3: 3 Bem-aventurados os que guardam a retidão e os que praticam a justiça em todo tempo.

Salmo 109.30–31: 30 Muitas graças darei ao Senhor com os meus lábios; eu o louvarei no meio da multidão; 31 porque ele se põe à direita do pobre, para o livrar daqueles que o condenam.

Provérbios 14.20–21: 20 O pobre é odiado até pelo seu vizinho, mas o rico tem muitos amigos. 21 Quem despreza o seu vizinho peca, mas o que se compadece dos pobres é feliz.

Provérbios 14.31: 31 Quem oprime o pobre insulta aquele que o criou, mas o que se compadece do necessitado honra a Deus.

Provérbios 19.17: 17 Quem se compadece do pobre empresta ao Senhor, e este lhe retribuirá o benefício.

Provérbios 21.13: 13 Quem tapa os ouvidos ao clamor do pobre também clamará e não será ouvido.

Provérbios 22.9: 9 O generoso será abençoado, porque reparte o seu pão com os pobres.

Provérbios 22.16: 16 Quem oprime o pobre para enriquecer a si ou o que dá presentes ao rico certamente empobrecerá.

Provérbios 28.27: 27 Quem dá aos pobres não passará necessidade, mas o que fecha os olhos para eles será coberto de maldições.

Provérbios 31.8–9: 8 Abra a boca a favor do mudo, pelo direito de todos os desamparados. 9 Abra a boca, julgue retamente e faça justiça aos pobres e aos necessitados.

Provérbios 31.20: 20 Abre a mão aos aflitos; e ainda a estende aos necessitados.

Isaías 1.15–17: 15 “Quando vocês estendem as mãos, eu fecho os meus olhos; sim, quando multiplicam as suas orações, não as ouço, porque as mãos de vocês estão cheias de sangue. 16 Lavem-se e purifiquem-se! Tirem da minha presença a maldade dos seus atos; parem de fazer o mal! 17 Aprendam a fazer o bem; busquem a justiça, repreendam o opressor; garantam o direito dos órfãos, defendam a causa das viúvas.”

Isaías 3.14–15: 14 O Senhor entra em juízo contra os anciãos do seu povo e contra os seus líderes. Ele diz: “Foram vocês que arruinaram esta vinha. O que roubaram dos pobres está na casa de vocês. 15 Com que direito vocês esmagam o meu povo e moem a face dos pobres?” O Senhor, o Senhor dos Exércitos, é quem está falando.

Isaías 10.1–2: 1 Ai dos que decretam leis injustas, dos que escrevem decretos opressivos, 2 para negarem justiça aos pobres, para privarem do seu direito os aflitos do meu povo, a fim de despojarem as viúvas e roubarem os órfãos!

Jeremias 22.3: 3 Assim diz o Senhor: Pratiquem o direito e a justiça e livrem o oprimido das mãos do opressor. Não oprimam nem maltratem o estrangeiro, nem o órfão, nem a viúva. Não derramem sangue inocente neste lugar.

Ezequiel 18.14–17: 14 — E, se esse filho gerar um filho que veja todos os pecados que o pai cometeu, e, vendo-os, não fizer coisas semelhantes, 15 não comer carne sacrificada nos altos, não levantar os olhos para os ídolos da casa de Israel, não contaminar a mulher de seu próximo, 16 não oprimir ninguém, não retiver o penhor, não roubar, repartir o seu pão com o faminto, cobrir com roupas aquele que está nu, 17 desviar a sua mão da injustiça, não emprestar para ter lucro nem cobrar juros, executar os meus juízos e andar nos meus estatutos, esse tal não morrerá por causa da iniquidade de seu pai; certamente viverá.

Amós 4.1: 1 “Ouçam esta palavra, vacas de Basã, vocês que estão no monte de Samaria, que oprimem os pobres, esmagam os necessitados e dizem aos maridos: ‘Tragam vinho, e vamos beber!’

Amós 5.23–24: 23 Afastem de mim o barulho dos seus cânticos, porque não ouvirei as melodias das suas liras. 24 Em vez disso, corra o juízo como as águas, e a justiça, como um ribeiro perene.”

Amós 8.4–7: 4 Ouçam isto, vocês que pisam os necessitados e destroem os miseráveis da terra, 5 dizendo: “Quando passará a Festa da Lua Nova, para vendermos os cereais? E o sábado, para abrirmos os celeiros de trigo, diminuindo a quantidade, aumentando o peso e enganando com balanças desonestas, 6 para comprarmos os pobres por dinheiro e os necessitados por um par de sandálias e vendermos o refugo do trigo?” 7 O Senhor jurou pela glória de Jacó, dizendo: “Nunca me esquecerei de nenhuma das suas obras!

Miquéias 6.6–8: 6 Com que me apresentarei ao Senhor e me inclinarei diante do Deus excelso? Virei diante dele com holocaustos, com bezerros de um ano? 7 Será que o Senhor se agrada com milhares de carneiros, com dez mil ribeiros de azeite? Darei o meu primogênito pela minha transgressão, o fruto do meu corpo, pelo pecado da minha alma? 8 Ele já mostrou a você o que é bom; e o que o Senhor pede de você? Que pratique a justiça, ame a misericórdia e ande humildemente com o seu Deus.

Zacarias 7.9–12: 9 — Assim falou o Senhor dos Exércitos: “Julguem segundo a verdade e sejam bondosos e misericordiosos uns com os outros. 10 Não oprimam a viúva, nem o órfão, nem o estrangeiro, nem o pobre, e que ninguém faça planos para prejudicar o seu próximo.” 11 Porém eles não quiseram atender e, rebeldes, me viraram as costas e taparam os ouvidos, para que não ouvissem. 12 Sim, fizeram o seu coração duro como diamante, para que não ouvissem a lei, nem as palavras que o Senhor dos Exércitos tinha enviado pelo seu Espírito, mediante os profetas que nos precederam; daí veio a grande ira do Senhor dos Exércitos.

NOVO TESTAMENTO

Mateus 6.2–4: 2 — Quando, pois, você der esmola, não fique tocando trombeta nas sinagogas e nas ruas, como fazem os hipócritas, para serem elogiados pelos outros. Em verdade lhes digo que eles já receberam a sua recompensa. 3 Mas, ao dar esmola, que a sua mão esquerda ignore o que a mão direita está fazendo, 4 para que a sua esmola fique em secreto. E o seu Pai, que vê em secreto, lhe dará a recompensa.

Mateus 11.4–6: 4 Então Jesus lhes respondeu: — Voltem e anunciem a João o que estão ouvindo e vendo: 5 os cegos veem, os coxos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos são ressuscitados e aos pobres está sendo pregado o evangelho. 6 E bem-aventurado é aquele que não achar em mim motivo de tropeço.

Mateus 19.21–22: 21 Jesus respondeu: — Se você quer ser perfeito, vá, venda os seus bens, dê o dinheiro aos pobres e você terá um tesouro nos céus; depois, venha e siga-me. 22 Mas o jovem, ouvindo esta palavra, retirou-se triste, porque era dono de muitas propriedades.

Mateus 22.36–40: 36 — Mestre, qual é o grande mandamento na Lei? 37 Jesus respondeu: — “Ame o Senhor, seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento.” 38 Este é o grande e primeiro mandamento. 39 E o segundo, semelhante a este, é: “Ame o seu próximo como você ama a si mesmo.” 40 Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas.

Mateus 25.34-46: 34 — Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: “Venham, benditos de meu Pai! Venham herdar o Reino que está preparado para vocês desde a fundação do mundo. 35 Porque tive fome, e vocês me deram de comer; tive sede, e vocês me deram de beber; eu era forasteiro, e vocês me hospedaram; 36 eu estava nu, e vocês me vestiram; enfermo, e me visitaram; preso, e foram me ver.” 37 — Então os justos perguntarão: “Quando foi que vimos o senhor com fome e lhe demos de comer? Ou com sede e lhe demos de beber? 38 E quando foi que vimos o senhor como forasteiro e o hospedamos? Ou nu e o vestimos? 39 E quando foi que vimos o senhor enfermo ou preso e fomos visitá-lo?” 40 — O Rei, respondendo, lhes dirá: “Em verdade lhes digo que, sempre que o fizeram a um destes meus pequeninos irmãos, foi a mim que o fizeram.” 41 — Então o Rei dirá também aos que estiverem à sua esquerda: “Afastem-se de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos. 42 Porque tive fome, e vocês não me deram de comer; tive sede, e vocês não me deram de beber; 43 sendo forasteiro, vocês não me hospedaram; estando nu, vocês não me vestiram; achando-me enfermo e preso, vocês não foram me ver.” 44 — E eles lhe perguntarão: “Quando foi que vimos o senhor com fome, com sede, forasteiro, nu, enfermo ou preso e não o socorremos?” 45 — Então o Rei responderá: “Em verdade lhes digo que, sempre que o deixaram de fazer a um destes mais pequeninos, foi a mim que o deixaram de fazer.” 46 E estes irão para o castigo eterno, porém os justos irão para a vida eterna.

Mateus 26.10–13: 10 Mas Jesus, sabendo disto, lhes disse: — Por que vocês estão incomodando esta mulher? Ela praticou uma boa ação para comigo. 11 Porque os pobres estarão sempre com vocês, mas a mim vocês nem sempre terão. 12 Porque, derramando este perfume sobre o meu corpo, ela o fez para o meu sepultamento. 13 Em verdade lhes digo que, onde for pregado em todo o mundo este evangelho, também será contado o que ela fez, para memória dela.

Lucas 4.17–19: 17 Então lhe deram o livro do profeta Isaías. E, abrindo o livro, achou o lugar onde está escrito: 18 “O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me ungiu para evangelizar os pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos, 19 e proclamar o ano aceitável do Senhor.”

Lucas 11.42: 42 Mas ai de vocês, fariseus! Porque vocês dão o dízimo da hortelã, da arruda e de todas as hortaliças, e desprezam a justiça e o amor de Deus. Vocês deveriam fazer estas coisas, sem omitir aquelas.

Lucas 12.19–21: 19 Então direi à minha alma: ‘Você tem em depósito muitos bens para muitos anos; descanse, coma, beba e aproveite a vida.’ ” 20 Mas Deus lhe disse: “Louco! Esta noite lhe pedirão a sua alma; e o que você tem preparado, para quem será?” 21 — Assim é o que ajunta tesouros para si mesmo, mas não é rico para com Deus.

Lucas 12.33–34: 33 Vendam os seus bens e deem esmola; façam para vocês mesmos bolsas que não desgastem, tesouro inesgotável nos céus, onde o ladrão não chega, nem a traça corrói, 34 porque, onde estiver o tesouro de vocês, aí estará também o seu coração.

Atos dos Apóstolos 4.32–35: 32 Da multidão dos que creram era um o coração e a alma. Ninguém considerava exclusivamente sua nem uma das coisas que possuía; tudo, porém, lhes era comum. 33 Com grande poder, os apóstolos davam testemunho da ressurreição do Senhor Jesus, e em todos eles havia abundante graça. 34 Não havia nenhum necessitado entre eles, porque os que possuíam terras ou casas, vendendo-as, traziam os valores correspondentes 35 e os depositavam aos pés dos apóstolos; então se distribuía a cada um conforme a sua necessidade.

Atos dos Apóstolos 6.1–4: 1 Naqueles dias, aumentando o número dos discípulos, houve murmuração dos helenistas contra os hebreus, porque as viúvas deles estavam sendo esquecidas na distribuição diária. 2 Então os doze convocaram a comunidade dos discípulos e disseram: — Não é correto que nós abandonemos a palavra de Deus para servir às mesas. 3 Por isso, irmãos, escolham entre vocês sete homens de boa reputação, cheios do Espírito e de sabedoria, para os encarregarmos desse serviço. 4 Quanto a nós, nos consagraremos à oração e ao ministério da palavra.

Atos dos Apóstolos 10.31: 31 que disse: “Cornélio, a sua oração foi ouvida e as suas esmolas foram lembradas na presença de Deus.

Atos dos Apóstolos 20.35: 35 Em tudo tenho mostrado a vocês que, trabalhando assim, é preciso socorrer os necessitados e lembrar das palavras do próprio Senhor Jesus: “Mais bem-aventurado é dar do que receber.”

Romanos 15.25–27: 25 Mas agora estou de partida para Jerusalém, a serviço dos santos. 26 Porque a Macedônia e a Acaia resolveram levantar uma coleta em benefício dos pobres dentre os santos que vivem em Jerusalém. 27 Isto lhes pareceu bem, e de fato lhes são devedores. Porque, se os gentios têm sido participantes dos valores espirituais dos judeus, devem também servi-los com bens materiais.

2Coríntios 8.1–5: 1 Também, irmãos, queremos que estejam informados a respeito da graça de Deus que foi concedida às igrejas da Macedônia. 2 Porque, no meio de muita prova de tribulação, manifestaram abundância de alegria, e a profunda pobreza deles transbordou em grande riqueza de generosidade. 3 Porque posso testemunhar que, na medida de suas posses e mesmo acima delas, eles contribuíram de forma voluntária, 4 pedindo-nos, com insistência, a graça de participarem dessa assistência aos santos. 5 E não somente fizeram como nós esperávamos, mas, pela vontade de Deus, deram a si mesmos, primeiro ao Senhor, depois a nós.

Gálatas 2.10: 10 Somente recomendaram que nos lembrássemos dos pobres, o que também me esforcei por fazer.

Efésios 4.27–28: 27 nem deem lugar ao diabo. 28 Aquele que roubava não roube mais; pelo contrário, trabalhe, fazendo com as próprias mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o necessitado.

Tiago 1.27: 27 A religião pura e sem mácula para com o nosso Deus e Pai é esta: visitar os órfãos e as viúvas nas suas aflições e guardar-se incontaminado do mundo.

Tiago 2.14–17: 14 Meus irmãos, qual é o proveito, se alguém disser que tem fé, mas não tiver obras? Será que essa fé pode salvá-lo? 15 Se um irmão ou uma irmã estiverem com falta de roupa e necessitando do alimento diário, 16 e um de vocês lhes disser: “Vão em paz! Tratem de se aquecer e de se alimentar bem”, mas não lhes dão o necessário para o corpo, qual é o proveito disso? 17 Assim, também a fé, se não tiver obras, por si só está morta.

Tito 3.14: 14 E, quanto aos nossos, que aprendam também a se empenhar na prática de boas obras a favor dos necessitados, para não se tornarem infrutíferos.

One thought on “Diaconato, Ação Social, Justiça Social, Assistência Social, Caridade, Esmolas, Pobreza x Riqueza: Lista de Versículos

Deixe um comentário para Eliezer Santana Martins Bezerra Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.