1 e 2 Samuel: Deus é o verdadeiro rei e juiz do seu povo

Os livros de 1 e 2 Samuel são duas partes de uma mesma obra. Os personagens principais dessa obra são Samuel, Saul e Davi e a história dos três é bastante entrelaçada entre eles, bem como com temas fundamentais da fé israelita e cristã, tais quais a aliança de Deus com seu povo, os ofícios de rei e profeta e o culto de Israel. Esses livros apresentam conceitos que são fundamentais para o desenvolvimento da grande história de Deus narrada na Bíblia.

 

Pontos teológicos de Samuel

  • Soberania de Deus: escolhe, protege, rejeita, salva, revela, usa, perdoa, pune.
  • Teologia da retribuição: cântico de Ana, punição aos judeus, punição aos filisteus, exaltação e rejeição de Saul e exaltação de Davi, bênçãos sobre Jônatas, morte dos filhos de Eli e de Eli, grandesa de Samuel.
  • Providência e Governo de Deus: Assim como o livro de Rute ensina, os livros de Samuel também deixam muito claro que Deus é aquele que governa todos os detalhes da história de pessoas, de reis, da nação de Israel e também de outras nações. Deus trabalha tanto de forma visível e evidente, como trabalha também de maneira oculta e nos bastidores. Ele é o Senhor que escolhe reis e rejeita reis e sacerdotes. Ele define quais promessas faz e mantém e quais decide não manter por causa da infidelidade.
  • Depravação Total: Todos os personagens do livro de Samuel, os bons como Samuel e Davi, e os maus como os filhos de Eli e Saul mostram a profundidade e pervasividade da pecaminosidade humana. Todos pecam e o pecado tem consequências terríveis. Somente a graça de Deus é que pode resgatar alguns.
  • Todos enfrentam sofrimentos no mundo caído: Uma das lições claras deste livro é que todos sofrem. Aqueles que se afastam de Deus sofrem e aqueles que lutam para viver mais próximos de Deus também sofrem. O pecado, próprio ou dos outros, traz sofrimento e angústias. Aqueles que têm o Senhor como Deus são libertos depois de sofrerem pelo tempo que Deus determinou que sofram.
  • O ministério do Espírito Santo: É o Espírito Santo quem capacita os seus servos reis e profetas para que desempenhem bem o seu ministério.
  • A santidade de Deus: Deus mostra a sua santidade diversas vezes nesses livros. Ao matar filisteus, israelitas e Uzá por causa de desrespeitaremos a arca da aliança, ao fazer com que os filhos de Eli, Eli, Saul, Davi e o seu povo sofram por causa dos seus pecados.

 

Versículos-tema e mais conhecidos

Os que contendem com o Senhor são quebrantados; dos céus troveja contra eles. O Senhor julga as extremidades da terra, dá força ao seu rei e exalta o poder do seu ungido. 1 Samuel 2.10

Tomou, então, Samuel uma pedra, e a pôs entre Mispa e Sem, e lhe chamou Ebenézer, e disse: Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7.12

Vê, já estás velho, e teus filhos não andam pelos teus caminhos; constitui-nos, pois, agora, um rei sobre nós, para que nos governe, como o têm todas as nações. 1 Samuel 8.5

Se temerdes ao Senhor, e o servirdes, e lhe atenderdes à voz, e não lhe fordes rebeldes ao mandado, e seguirdes o Senhor, vosso Deus, tanto vós como o vosso rei que governa sobre vós, bem será. 15 Se, porém, não derdes ouvidos à voz do Senhor, mas, antes, fordes rebeldes ao seu mandado, a mão do Senhor será contra vós outros, como o foi contra vossos pais. 1 Samuel 12.14–15

Arrependo-me de haver constituído Saul rei, porquanto deixou de me seguir e não executou as minhas palavras. 1 Samuel 15.11

Não atentes para a sua aparência, nem para a sua altura, porque o rejeitei; porque o Senhor não vê como vê o homem. O homem vê o exterior, porém o Senhor, o coração. 1 Samuel 16.7

Reconheceu Davi que o Senhor o confirmara rei sobre Israel e que exaltara o seu reino por amor do seu povo. 2 Samuel 5.12

Quando teus dias se cumprirem e descansares com teus pais, então, farei levantar depois de ti o teu descendente, que procederá de ti, e estabelecerei o seu reino. 13 Este edificará uma casa ao meu nome, e eu estabelecerei para sempre o trono do seu reino. 14 Eu lhe serei por pai, e ele me será por filho… 2 Samuel 7.12–14

Agora, pois, não se apartará a espada jamais da tua casa, porquanto me desprezaste e tomaste a mulher de Urias, o heteu, para ser tua mulher. 2 Samuel 12.10

O Senhor é a minha rocha, a minha cidadela, o meu libertador; 3 o meu Deus, o meu rochedo em que me refugio; o meu escudo, a força da minha salvação, o meu baluarte e o meu refúgio. 2 Samuel 22.2–3

Estou em grande angústia; porém caiamos nas mãos do Senhor, porque muitas são as suas misericórdias; mas, nas mãos dos homens, não caia eu. 2 Samuel 24.14

 

O que os Livros de Samuel ensinam sobre Jesus

  • Samuel é uma daquelas pessoas da Bíblia que mais aponta para Jesus: seu nascimento foi especial e anunciado por um anjo. Sua mãe, assim como Maria, cantou um cântico de celebração. A sua casa passou a swr a casa de Deus mesmo ainda criança. Ele praticamente ajuntou os três ofícios de Israel atuando como profeta, sacerdote e rei (juiz). Grandioso, porém imperfeito e finito, Samuel aponta para o grande Messias que viria no futuro.
  • Saul é um daqueles reis que aponta para Jesus, mas de forma negativa. Ao olhar para a derrocada de Saul, fica o anseio pela vinda do rei perfeito que cumpriria toda a vontade do Senhor.
  • Davi parecia ser este rei perfeito. Ele cumpra a lei de Deus em seus detalhes e tem intimidade com o Senhor. O seu adultério seguido de assassinato, no entanto, mostra que ele não é o Messias que viria no futuro. Aliás, é para Davi que Deus faz uma das promessas principais sobre a vinda do Messias: ele será filho de Davi, ele reinará para sempre e ele construirá uma casa para Deus e seu povo.
  • Eli e seus filhos são péssimos exemplos de sacerdotes e revelam a perversão da religiosidade sem piedade. Eles também deixam o anseio pela vinda de um sumo-sacerdote que seja realmente justo.
  • Ambos os livros de Samuel fomentam um anseio pela vinda de um rei bom, correto e justo. Somente Jesus Cristo suprirá esse anseio.

 

 

O que os estudiosos dizem sobre o livro?

“Ao longo dos anos, pesquisadores têm proposto diversas respostas para a pergunta: Por que 1 e 2 Samuel foram escritos? Estudiosos chegaram a várias conclusões  a respeito das funções e propósitos do livro. Assim como um diamante cortado de maneira intrincada, as funções são entendidas como multifacetadas. Samuel é simultaneamente uma obra histórica, arte literária, literatura apologética, um tratado teológico e Escritura Sagrada usada especificamente na fé judaica e na cristã”. Robert D. Bergen, 1 and 2 Samuel. NAC. Nashville: B&H, 1996.

“Certamente, um propósito central para escrever 1 e 2 Samuel era comunicar e reforçar  crenças religiosas de profunda importância para o escritor e sua comunidade. Essa “perspectiva teológica abrangente” serviu como a estrutura na qual os dados históricos e literários foram tecidos. O propósito teológico primário era dar suporte aos ensinos da Torá e, dessa forma, prover orientação e esperança para a comunidade exílio de Israel. A tapete narrativo de Samuel é tecido ao redor dos fios teológicos da Torá. Assim, os temas aliança, terra, presença divina e demanda por obediência de todo coração à revelação do Senhor podem ser todos discernidos nesses livros.” Robert D. Bergen, 1 and 2 Samuel. NAC. Nashville: B&H, 1996.

O Novo Testamento provê evidência de que os livros de Samuel eram usados pela comunidade cristã do primeiro século pelo menos de quarto formas distintas: 1. Contexto para entender a doutrina e pregação cristãs. […] 2. Um registro histórico preciso. […] 3. Palavra profética sobre a vida, obra e importância de Jesus. […] 4. Uma fonte de instrução, encorajamento e esperança. Robert D. Bergen, 1 and 2 Samuel. NAC. Nashville: B&H, 1996.

 

ESTRUTURA DE 1 SAMUEL

 

Ciclo de Samuel

1.1-28 Ana pede um filho ao Senhor e ele lha ouve

2.1-11 A oração de Ana

2.12-36 A maldade dos filhos de Eli e a profecia de Deus contra eles

3.1-21 Deus fala com o jovem Samuel

4.1-22 A profecia de Deus contra Eli e sua família se cumpre. A arca do Senhor é levada.

5.1-12 Deus amaldiçoa os filisteus por causa de sua arca

6.1-21 A arca volta para Israel

7.1-17 Samuel convoca os Israelitas a voltarem para Deus. Israel vence os filisteus.

 

Ciclo de Saul e Samuel

8.1-22 Israel pede um rei

9.1-27 Samuel informa a Saul que ele será o novo rei

10.1-27 Saul é ungido rei por Samuel

11.1-15 Saul vence uma guerra e é proclamado rei de Israel

12.1-25 Samuel limita o seu cargo e acusa o povo de pecado por querer um rei

13.1-23 Saul não espera Samuel e sacrifica e é rejeitado por Deus

14.1-52 Israel derrota os filisteus, Jônatas é jurado de morte por Saul e salvo pelo povo

15.1-35 Saul desobedece a Deus e Deus se arrepende de tê-lo feito rei e o rejeita de vez

 

Ciclo de Davi, Saul e Samuel

16.1-23 Samuel unge Davi como rei e este vai trabalhar para Saul que está sendo oprimido por um espírito mau.

17.1-58 Davi derrota e mata Golias e Israel vence batalha contra os filisteus

18.1-30 Davi se torna muito querido do povo pelas suas vitórias. Saul intenta a matar Davi e se torna sogro dele

19.1-24 Saul quer matar a Davi. Jônatas e Mical, filhos de Saul, protegem Davi

20.1-43 Jônatas e Davi fazem aliança

21.1-15 Davi pega uma espada com o sacerdote Aimeleque, é capturado pelos filisteus e solto

22.1-23 Davi foge de Saul e este mata os sacerdotes do Nobe

23.1-29 Davi protege israelitas e é traído por eles, Deus livra a Davi

24.1-22 Davi tem a oportunidade de matar a Saul e não o faz por Saul ser um ungido do Senhor

25.1-44 Samuel morre. Davi se casa com Abigail, a viúva de Nabal

26.1-25 Davi novamente tem a oportunidade de matar a Saul e não o faz. Saul bendiz a Davi

27.1-12 Davi vai se proteger sob os cuidados do rei filisteu Aquis

28.1-25 Saul consulta a Samuel por meio de uma necromante

29.1-11 Os filisteus vão atacar Israel. Davi está do lado dos filisteus, mas estes não permitem que ele lute

30.1-31 Os Amalequitas atacam Ziclage enquanto Davi está na guerra e roubam tudo e todos. Os homens de Davi querem matá-lo. Ele se reanima no Senhor, derrota os amalequitas e recupera as coisas e as pessoas

31.1-13 Israel perde a guerra para os filisteus e Saul morre

 

ESTRUTURA DE 2 SAMUEL (Ciclo de Davi)

 

A Ascensão de Davi

1.1-27 Davi é informado das mortes de Saul e Jônatas e lamenta por eles

2.1-32 Davi é proclamado rei de Judá e Isbosete é proclamado rei de Israel por Abner

3.1-39 Abner faz aliança com Davi e é morto por Joabe

4.1-12 Isbosete morre

5.1-25 Davi é ungido rei de Israel e conquista Jerusalém

6.1-23 Davi traz a arca de Deus para Jerusalém

7.1-29 Davi quer construir uma casa para Deus e este promete que o descendente de Davi reinará para sempre

8.1-18 Vitórias e oficiais de Davi

9.1-13 Davi recebe Mefibosete, filho paralítico de Jônatas, em sua mesa.

10.1-19 Davi derrota os amonitas e os siros

 

A derrocada de Davi

11.1-27 Davi comete adultério e assassinatos

12.1-31 Davi é repreendido por Natã e o filho do adultério morre

13.1-39 Incesto, fratricídio e fuga na casa de Davi

14.1-33 Absalão volta a Jerusalém e é perdoado por Davi

15.1-37 Absalão rouba o coração e a trono de Davi. Davi foge.

16.1-23 Davi foge e Absalão se deita com as concubinas de seu pai em público

17.1-29 Absalão, por influência divina, toma uma decisão errada na guerra contra Davi

18.1-33 Absalão é morto em batalha e Davi fica muito abalado com tal

 

O trono de Davi se estabelece

19.1-43 Davi reassume seu trono

20.1-26 Seba se declara rei das tribos do norte e é morto. Davi reassume o governo de todo o Israel.

21.1-22 Deus pune Israel pelas injustiças que família de Saul cometeu contra os gibeonitas. Depois que alguns membros da família de Saul são mortos, Deus para de castigar Israel.

22.1-51 Cântico de Davi de louvor a Deus pela bondade, fidelidade e justiça retributiva de Deus

23.1-7 As últimas palavras de Davi: Deus estabeleceu uma aliança eterna comigo

23.8-39 A lista dos guerreiros valentes de Davi

24.1-25 Davi faz o censo do povo. Deus amaldiçoa o seu povo, mas desiste da destruição. O local do templo é escolhido.

 

Estude mais

https://youtu.be/QJOju5Dw0V0

https://youtu.be/YvoWDXNDJgs

https://www.esv.org/resources/esv-global-study-bible/introduction-to-1-2-samuel/

http://www.prazerdapalavra.com.br/biblia/panoramas-biblicos/3286-para-ler-o-1o-e-o-2o-livro-de-samuel-michel-ferreira

https://www.palavraprudente.com.br/estudos/david_z/livroshistoricos/cap04.html

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s