Não se distraia com o joio, mire-se em Cristo

Porque muitos são chamados, mas poucos, escolhidos. (Mateus 22.14)

Já ouvimos muito esse versículo, mas parece que não é comum termos essa consciência em nosso dia a dia. Um dia desses eu estava conversando com uma mãe e ela me disse que seus filhos, já adultos, não querem mais ir à igreja. Os filhos alegam que muitos jovens estão na igreja e no mundo, vão ao culto e às baladas ao mesmo tempo. São “crentes” aos domingos, mas nos outros dias da semana vivem como ímpios. Infelizmente, comentários como esses não são incomuns. É comum ver cristãos justificando sua falta de compromisso com Deus e da busca por santidade usando o mal comportamento de outros “cristãos”. Essa não é uma desculpa nova.

Na parábola das bodas (Mateus 22.1-14), fica claro que muitos foram chamados para a festa, mas nem todos permaneceram nela, poucos foram os escolhidos. Ou seja, muitas pessoas vão parar dentro de igrejas cristãs, mas poucas tiveram um encontro verdadeiro com Cristo. Há muitas pessoas que frequentam a igreja, até com certa assiduidade, se dizem crentes em Cristo Jesus e até se envolvem na liderança da igreja, mas na verdade não conhecem de fato ao Senhor Jesus!

Em Filipenses 3.18-19, Paulo diz: “Pois muitos andam entre nós, dos quais, repetidas vezes, eu vos dizia e, agora, vos digo, até chorando, que são inimigos da cruz de Cristo. O destino deles é a perdição, o deus deles é o ventre, e a glória deles está na sua infâmia, visto que só se preocupam com as coisas terrenas.”

Essas pessoas continuam existindo! Elas andam no meio dos crentes e falam como tais, mas na prática, não vivem como cristãos verdadeiros. Na realidade, tais pessoas são inimigas da cruz de Cristo. O Senhor Deus não é o Deus dessas pessoas e Cristo não é o seu Senhor. O deus delas é o próprio ventre, os próprios apetites, desejos e vontades. Esses falsos crentes, joio em meio ao trigo, só se preocupam com as coisas desse mundo e em como agradar e servir a si mesmas.

Nas mídias sociais, os tais “cristãos” só se preocupam em arrancar elogios alheios, mesmo que o post desagrade a Deus. Vivem para “vender” a própria imagem, sem se importar com o escândalos que estão atraindo para o nome de Cristo. Curtem coisas que são contrárias às Escrituras só para parecerem “legais” e agradar outros, ainda que esses outros estejam desagradando a Deus com suas atitudes e posts. Os falsos crentes frequentam os mesmos lugares que os ímpios, vestem-se como os ímpios e falam como os ímpios. Eles valorizam o dinheiro, a fama, a carreira e o próprio bem estar acima de Deus, da mesma forma como aqueles que não professam a Jesus.

O final dessas pessoas é o inferno, diz o texto de Filipenses. Nesse mesmo trecho das Escrituras o apóstolo Paulo nos mostra qual deve ser o nosso foco, o foco do verdadeiro crente. Nosso alvo deve ser esquecer do que ficou no passado e avançar olhando para o prêmio que receberemos de Cristo. Devemos focar na salvação, na vida futura no CÉU. Devemos olhar para Cristo e para aqueles que imitam a Cristo e não para aqueles que se dizem cristãos, mas vivem pensando nas coisas desse mundo e em si mesmos.

Esses são inimigos da cruz de Cristo. Eles não são neutros. Um dos motivos deles estarem entre nós é para nos distrair, nos tirar do foco de agradar ao nosso Deus. Essas pessoas tentam fazer com que o pecado pareça normal e corriqueiro. Elas ficam enfatizando em demasia a graça de Deus em detrimento da santidade. Criam um Deus caricato para si e tentam convencer os que estão à sua volta.

Se mirarmos nessas pessoas, somado à pressão do mundo, do nosso coração e do diabo, ficará muito difícil viver uma vida caracterizada mais por vitórias do que derrotas. Você não sabe quem são os escolhidos, aqueles que realmente irão morar com Cristo, portanto, não mire no exemplo de qualquer “crente”. Mesmo que essa pessoa seja próxima ou quem sabe até um parente seu, mire em Cristo e naqueles que claramente buscam as coisas lá do alto. Olhe e imite aqueles que de fato, através de suas atitudes, buscam as coisas lá do alto. Eles não são pessoas perfeitas – como o próprio apóstolo Paulo diz de si: “Não que eu o tenha já recebido ou tenha já obtido a perfeição; mas prossigo para conquistar aquilo para o que também fui conquistado por Cristo Jesus” – mas são pessoas que buscam, através de atitudes e não de fala, viver uma vida que agrade a Cristo, olhando firmemente para Cristo.

Sendo assim, pare de justificar o seu distanciamento de Deus ou a sua falta de santidade com base em pessoas, que provavelmente não foram salvas, apesar de se encontrarem entre os salvos. Você não vai querer ir parar no mesmo lugar onde eles irão, vai?! “O destino deles é a perdição”.

Judas estava entre os doze apóstolos. Ele foi chamado pelo próprio Jesus, mas era filho da perdição, do diabo. Imagine o que seria dos outros 11 apóstolos, caso tivessem sidos influenciados por Judas. Eles não teriam o ministério frutífero que tiveram e a história seria muito diferente. Mas como eram verdadeiros cristãos, eles estavam com o foco em Cristo e em seu exemplo. E você? Está focado em quem?

Talvez, por mirar nas pessoas erradas, você esteja vivendo uma vida parecida com a delas. Caso seja um cristão genuíno vivendo de maneira relapsa, você deve estar sofrendo com as consequências de uma vida assim. Talvez, você esteja fraco em sua fé. Volte-se para Cristo. Olhe para Ele. Busque ajuda em sua Palavra e em uma vida de oração. Não ande conforme a maré, seja politicamente incorreto!

Asafe, por exemplo, estava cobiçando, invejando e mirando nas pessoas erradas. Veja o que ele diz: “Quanto a mim, porém, quase me resvalaram os pés; pouco faltou para que se desviassem os meus passos. Pois eu invejava os arrogantes, ao ver a prosperidade dos maus.” ‭‭(Salmo ‭73.2-3‬)

Escolha de forma consciente os modelos a quem você vai seguir ou exemplos em que se espelhará! Assim, que Deus nos ajude a buscarmos e encontrarmos bons exemplos a serem seguidos. Que Ele nos ajude a fitar os nossos olhos em Cristo, o autor e consumador da nossa fé!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s