Cadê a minha Honra? (Malaquias 1.6-14)

nuvem_Mal1_6-14

Em Malaquias Deus questiona um povo praticante de religiosidade externa por causa dos pensamentos que estavam no coração deles. Embora praticassem sacrifícios, os animais eram defeituosos. Embora fossem ao templo, faziam-no apenas por obrigação. Eles não tinham admiração por Deus, questionavam o seu amor e achavam uma chatice ter que cultuá-lo. Deus traz tudo isso à tona em Malaquias 1.6-14. Eis o texto:

texto_Mal1_6-14

Estudando esse texto no Logos, marquei em verde aquilo que Deus fala acerca de Si mesmo, em vermelho o que Ele fala que o povo sentia a respeito dele e seu culto e em amarelo o que ele diz ao povo como resposta ao desprezo deles.

O Senhor dos Exércitos

A principal maneira que Deus usa para falar de si mesmo neste texto é Senhor dos Exércitos. Uma pesquisa dessa expressão na Biblia Hebraica apresenta 245 ocorrências do termo, 23 dessas em Malaquias, um livro pequeno em relação a outros que também usam o termo.

Yahweh_Tsabaot

Deus não é qualquer um. Deus não é um amigão carente a quem podemos desprezar e que sempre voltará correndo quando lhe dermos atenção. Deus é o Senhor dos Senhores, o Yahweh dos Exércitos. Ele manda nos exércitos humanos, nos exércitos de estrelas e nos exércitos angelicais. Ele é o Senhor do Universo. Ele também se apresenta nesse texto como aquele que merece a honra devida a um pai e o respeito devido pelos escravos ao seu senhor e dono. Ele é o Grande Rei e o nome dele é Terrível Entre as Nações!

Todo o problema é que os sentimentos e atitudes dos judeus daquela época não eram compatíveis com a grandeza de Deus. Os teus são?

Deus Sabe

A Bíblia afirma que enquanto os homens só conhecem as atitudes exteriores, Deus conhece o coração dos humanos (1 Samuel 16.7). É por isso que nesse texto, Deus diz aos judeus que Ele sabia que eles o estavam desprezando (v. 6), profanando (v. 7), que eles achavam a mesa do Senhor desprezível e imunda (v. 7 e 12) e achavam o culto uma canseira (v. 13). É por causa dessas atitudes do coração, somada aos fatos de que eles não sentiam o amor de Deus e nem o amavam (Malaquias 1.1-5) que, na prática, eles davam a Deus o resto e o pior de suas posses e de si mesmos. Os animais oferecidos em sacrifício eram os piores imagináveis, a sobra, os defeituosos que ninguém queria. Se era para Deus podia ser o resto. É assim que eles pensavam e agiam.

Deus Responde

Deus é muito amoroso (Malaquias 1.2), mas quando desprezado, sendo o Rei dos reis e Senhor dos senhores, Ele responde com deprezo. O Deus que sabe amar como ninguém também sabe desprezar. Esse é um aspecto ignorado a respeito de Deus em nossos dias em que se super enfatiza o amor de Deus em detrimentos dos seus outros atributos. Ao mesmo tempo em que desprezava a Deus em seu coração, aquele povo buscava o favor de Deus com suas orações (v. 9). Qual era a resposta de Deus? Deus não os aceita (v. 9), deseja que as portas do templo fossem fechadas (v. 10), Deus sente desprazer neles  (v. 10), Ele não aceita as suas ofertas (v. 10). Para deixar claro o Seu desprezo santo, Deus promete àquele povo que um dia ele extrairia louvor da boca de outros povos e deles receberia culto (promessa a respeito da igreja. No Hebraico, essa frase não tem verbos com tempos verbais). Em suma, eu não preciso de vocês! Vocês podem dizer o mesmo?

Além de todas essas atitudes de desprezo, no versículo 14 Deus diz: “maldito seja o enganador, que, tendo um animal sadio no seu rebanho, promete e oferece ao SENHOR um defeituoso“. Qual é a resposta do Deus grandioso para aqueles que o desprezam? Deus os despreza (não ouve, não aceita ofertas, não sente prazer neles) e amaldiçoa.

Conclusão

Deus é o Senhor dos Exércitos e o nome dele é Grande Entre as Nações. Ele é o único Deus e Senhor do Universo. Ele é digno de toda adoração, louvor, glória, admiração, elogios, culto, ofertas e muito mais. Ele é merecedor de que dediquemos nossas vidas para Ele. Ele não vai ficar satisfeito com menos do que isso, e dará um jeito de extrair isso de nós, por amor ou por meio de sofrimento. E Ele faz isso porque nos ama (Malaquias 1.2). Qual é o tipo de religiosidade que você tem vivido: externa ou verdadeira? Qual é o tipo de sentimentos que você tem para com Deus? Você O trata como servo ou Ele é o teu Senhor?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s