O Reino de Cristo na Terra: Miquéias 4.1-5

Miquéias 4.1-5 apresenta uma profecia muito especial sobre o reino terreno que será estabelecido por Deus no futuro. Essa profecia é paralela a Isaías 2.2-5.

No universo do texto, esse “depois dos dias” aponta para depois dos dias de juízo que viriam sobre o povo de Deus. O capítulo 3 de Miquéias deixa bem claro que viriam dias de destruição para Jerusalém: “Portanto, por causa de vós, Sião será lavrada como um campo, e Jerusalém se tornará em montões de ruínas, e o monte do templo, numa colina coberta de mato.” (Mq 3.12).

Assim, logo depois desses dias de sofrimento e abandono de Jerusalém, é prometido em nosso texto que Deus vai estabelecer seu reino:

  • O versículo 1 promete que o monte do templo seria elevado e se tornaria o mais alto de todos. Isso não significa necessariamente que o monte Sião (Monte do Templo) se tornará mais alto do que o Everest, mas sim que se tornará o mais importante pelos motivos que o texto apresenta. Por outro lado, quando o Apocalipse fala sobre a nova Jerusalem, o texto apresenta uma estrutura com mais de 2km de altura.
  • A segunda proposição do texto é que os povos irão a Jerusalem. O verbo hebraico usado carrega a ideia desses povos formando um rio que vai até Jerusalém.
  • O versículo 2 exemplifica a proposição anterior e apresenta o motivo pelo qual os povos vão querer ir a Jerusalém: a lei, a palavra de YHWH, os caminhos e veredas de Deus serão ensinados em Jerusalém e é isso que faz os povos quererem ir para lá, pois eles querem andar nos caminhos de Yahweh.
  • v. 3-4. Outro motivo pelo qual o monte da casa do Senhor será o principal é porque ali será estabelecida a capital do mundo, o superior tribunal universal será estabelecido ali para julgar e fazer justiça entre as nações. O resultado do estabelecimento de tão justo e poderoso tribunal é que as guerras acabarão, as armas serão transformadas em ferramentas de trabalho e as nações não mais precisarão aprender a arte da guerra. Ao contrário disso, cada pessoa terá o privilégio de comer do fruto do seu próprio trabalho. Nunca mais haverá multinacionais poderosas pagando salários ridículos para os trabalhadores do mundo em desenvolvimento, mas todos terão meios de subsistência e paz.
  • É muito difícil determinar a função do versículo 5 nesse texto. Provavelmente, mais do que apresentando uma razão do porque as coisas serão assim, o versículo está apresentando uma aplicação e proposta de decisão para o povo de Deus. Assim como a versão de Isaías acaba com a decisão: “andemos na luz do Senhor”, a versão de Miquéias convida o povo de Deus a tomar a decisão de andar honrando o nome de Deus, independente do que fazem hoje as nações.

Essa é uma profecia que ainda não se cumpriu totalmente. É possível falar em um cumprimento parcial e espiritual quando da primeira vinda de Jesus Cristo (o rei de Miquéias 2.13). Mas nós ainda devemos aguardar um cumprimento final, total e palpável dessa profecia, seja em um reino milenar de algum tipo, seja no reino definitivo de Cristo no novos céus e nova terra, onde habitará a justiça. Maranata, vem Senhor Jesus!

 

Transformemos espadas em arados, escultura de Evgeniy Vuchetich na Coleção de Arte das Nações Unidas, em Nova Iorque.

Tradução Literal

4 1 וְהָיָ֣ה׀ בְּאַחֲרִ֣ית הַיָּמִ֗ים

E acontecerá no depois dos dias

 

יִ֠הְיֶה הַ֣ר בֵּית־יְהוָ֤ה נָכוֹן֙ בְּרֹ֣אשׁ הֶהָרִ֔ים

que o monte da casa de YHWH será elevado

como principal entre os montes

 

וְנִשָּׂ֥א ה֖וּא מִגְּבָע֑וֹת וְנָהֲר֥וּ עָלָ֖יו עַמִּֽים׃

E ele será exaltado entre os montes

 

2    וְֽהָלְכ֞וּ גּוֹיִ֣ם רַבִּ֗ים

e fluirão para ele nações

 

 וְאָֽמְרוּ֙ לְכ֣וּ׀ וְנַעֲלֶ֣ה אֶל־הַר־יְהוָ֗ה וְאֶל־בֵּית֙ אֱלֹהֵ֣י יַעֲקֹ֔ב

e dirão: Vamos! Subamos ao monte de YHWH e à casa do Deus de Jacó!

 

וְיוֹרֵ֙נוּ֙ מִדְּרָכָ֔יו וְנֵלְכָ֖ה בְּאֹֽרְחֹתָ֑יו כִּ֤י מִצִּיּוֹן֙ תֵּצֵ֣א תוֹרָ֔ה

Ele nos ensinará dos seus caminhos e nós andaremos nas suas trilhas, pois de Sião sairá a Torá (instrução).

 

וּדְבַר־יְהוָ֖ה מִירוּשָׁלִָֽם׃

e a palavra de YHWH de Jerusalém.

 

3    וְשָׁפַ֗ט בֵּ֚ין עַמִּ֣ים רַבִּ֔ים

E ele julgará entre muitos povos.

 

וְהוֹכִ֛יחַ לְגוֹיִ֥ם עֲצֻמִ֖ים עַד־רָח֑וֹק

e decidirá em lugar de nações poderosas e distantes.

 

וְכִתְּת֨וּ חַרְבֹתֵיהֶ֜ם לְאִתִּ֗ים וַחֲנִיתֹֽתֵיהֶם֙ לְמַזְמֵר֔וֹת

Elas baterão as suas espadas em arados e as suas lanças em foices.

 

לֹֽא־יִשְׂא֞וּ גּ֤וֹי אֶל־גּוֹי֙ חֶ֔רֶב

Nações não levantarão espada contra outras nações.

 

וְלֹא־יִלְמְד֥וּן ע֖וֹד מִלְחָמָֽה׃

E não aprenderão novamente a guerra.

 

4    וְיָשְׁב֗וּ אִ֣ישׁ תַּ֧חַת גַּפְנ֛וֹ וְתַ֥חַת תְּאֵנָת֖וֹ וְאֵ֣ין מַחֲרִ֑יד

E habitarão, cada homem debaixo da sua videira e debaixo da sua figueira e não haverá incômodo.

 

כִּי־פִ֛י יְהוָ֥ה צְבָא֖וֹת דִּבֵּֽר׃

Porque a boca de YHWH dos Exércitos falou.

 

5    כִּ֚י כָּל־הָ֣עַמִּ֔ים יֵלְכ֕וּ אִ֖ישׁ בְּשֵׁ֣ם אֱלֹהָ֑יו

Pois todas as nações andam, cada uma em nome do seu Deus.

 

וַאֲנַ֗חְנוּ נֵלֵ֛ךְ בְּשֵׁם־יְהוָ֥ה אֱלֹהֵ֖ינוּ לְעוֹלָ֥ם וָעֶֽד׃  פ

Mas nós andaremos no nome de YHWH dos Exércitos para sempre.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s