Hosana!

Hosanna, por Tom duBois

Hosana (Ὡσαννα) é mais uma expressão aramaica (הוֹשַׁע נָא) que entrou no Novo Testamento grego. A versão hebraica da palavra aparece no Salmo 118.25: “Salva-nos (הוֹשִׁיעָה נָּא), Senhor! Nós imploramos. Faze-nos prosperar, Senhor! Nós suplicamos.” No Salmo 118, a expressão é um grito de socorro e se segue por: “Bendito é o que vem em nome do SenhorDa casa do Senhor nós os abençoamos.” (Salmo 118.26). Mesmo no Judaísmo o Salmo 118 era interpretado por alguns como fazendo referência à vinda do Messias (salmo messiânico).

O verbo hebraico tem as acepções de ajudar, salvar, receber, vencer e livrar. De um pedido de socorro, no entanto, a expressão passou a ter a conotação da comemoração que se faz em vista do socorro recebido. Parte desse processo aconteceu porque o Salmo 118 é parte do halel, conjunto composto pelos salmos 113-118 que era cantado pelos judeus na época das principais festas religiosas (Páscoa, Pentecostes e Tabernáculos). Dessa forma, a palavra começou a ser usada para celebração alegre pela vitória e expressão de louvor a Deus. “Era uma exclamação de louvor, implicando em senhorio”.[1]

Todas as vezes que a palavra Hosana aparece no Novo Testamento ela é uma expressão de louvor a Jesus Cristo. Mateus, Marcos e João mostram a expressão sendo usada quando Jesus está entrando em Jerusalém e Mateus mostra crianças usando a expressão para Jesus quando ele chega no templo. Lucas relata o momento, mas não usa a  expressão hosana, citando apenas o versículo 26 do Salmo 118. Em todos os casos, a expressão é um grito alegre de louvor a Jesus Cristo, reconhecendo-o como o Messias que veio para salvar o seu povo.

 

A multidão que ia adiante dele e os que o seguiam gritavam: “Hosana ao Filho de Davi!” “Bendito é o que vem em nome do Senhor!” “Hosana nas alturas!” (Mateus 21.9)

Mas quando os chefes dos sacerdotes e os mestres da lei viram as coisas maravilhosas que Jesus fazia e as crianças gritando no templo: “Hosana ao Filho de Davi”, ficaram indignados, (Mateus 21:15)

Os que iam adiante dele e os que o seguiam gritavam: “Hosana!” “Bendito é o que vem em nome do Senhor!”(Marcos 11:9)

“Bendito é o Reino vindouro de nosso pai Davi!” “Hosana nas alturas!” (Marcos 11:10)

Pegaram ramos de palmeiras e saíram ao seu encontro, gritando: “Hosana!” “Bendito é o que vem em nome do Senhor!” “Bendito é o Rei de Israel!” (João 12:13)

 

A Didaquê, importante escrito do primeiro ou segundo séculos, atribuído pseudonimamente aos apóstolos  (10.6) também usa a expressão, como parte da celebração da santa ceia: “Que a tua graça venha e este mundo passe. Hosana ao Deus de Davi. Venha quem é fiel, converta-se quem é infiel. Maranatha. Amém.” (Didaquê 10.6). Edward Lohse, relembra da história narrada por Eusébio que envolve a expressão hosana.[2] Eusébio narra assim sobre o martírio de Tiago, irmão do Senhor:

 

12 E assim os mencionados escribas e fariseus puseram Tiago em pé sobre o pináculo do templo e disseram-lhe aos gritos: “O tu, o justo!, a quem todos devemos obedecer, posto que o povo anda extraviado atrás de Jesus o crucificado, diga-nos quem é a porta de Jesus.” 13. E ele respondeu com grande voz: “Por que me perguntam sobre o Filho do homem? Ele também está sentado no céu à direita do grande poder e há de vir sobre as nuvens do céu.” 14. E sendo muitos os que se convenceram completamente e ante o testemunho de Tiago, irromperam em louvores dizendo: “Hosana ao filho de Davi!”. Então os mesmos escribas e fariseus novamente disseram uns aos outros: “Fizemos mal em proporcionar tal testemunho a Jesus, mas subamos e lancemo-lo para baixo, para que tenham medo e não creiam nele.” 15. E puseram-se a gritar dizendo: “Oh! Oh! Também o Justo extraviou-se!” E assim cumpriram a Escritura que se encontra em Isaías: Tiremos de nosso meio o justo, que nos é incômodo. Então comerão o fruto de suas obras. 16. Subiram pois e lançaram abaixo o Justo. E diziam uns aos outros: “Apedrejemos a Tiago o Justo!” E começaram a apedrejá-lo, porque ao cair não chegou a morrer. Mas ele, virando-se, ajoelhou-se e disse: “Eu te peço Senhor, Deus Pai: Perdoa-os, porque não sabem o que fazem.[3]

 

Hosana é uma palavra linda que nos lembra do Messias que veio e prometeu voltar. Assim, nós que aguardamos a segunda vinda de Jesus Cristo, unimos nossas vozes aos irmãos nossos espalhados ao longo dos séculos e clamamos unânimes: “Hosana!” “Bendito é o que vem em nome do Senhor! Bendito é o Rei de Israel!” (João 12.13)

 

 

_______________________________________

[1] Swanson, James, and James Swanson. A dictionary of biblical languages: Greek (New Testament). [Oak Harbor, WA]: Logos Research Systems, Inc, 2001.

[2] Kittel, Gerhard, G. W. Bromiley, and Gerhard Friedrich. Theological Dictionary of the New Testament. Grand Rapids, Mich: Eerdmans, 1964.

[3] Eusébio de Cesareia, História Eclesiástica, Novo Século, 2002, xxiii.12-16

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s