Deus é Pai! Uma Breve Teologia da Paternidade de Deus em Efésios

Hoje, o meu filho mais velho está fazendo 12 anos! Isso me fez pensar no privilégio da paternidade compartilhado por Deus conosco. A carta aos Efésios apresenta uma bela teologia da paternidade de Deus. Deus é o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo (1.3). Ele também é o Pai da glória (1:17), ou seja, aquele a quem pertence por essência toda a glória que existe..

image

Existe um sentido em que Deus é o Pai cósmico, ou seja, o poderoso criador e sustentador de todas as pessoas humanas e angelicais. Essa realidade aparece em Efésios 3:14: “Por esta causa, me ponho de joelhos diante do Pai, de quem toma o nome toda família, tanto no céu como sobre a terra” (Τούτου χάριν κάμπτω τὰ γόνατά μου πρὸς τὸν πατέρα, ἐξ οὗ πᾶσα πατριὰ ἐν οὐρανοῖς καὶ ἐπὶ γῆς ὀνομάζεται). Note a reverência com que o apóstolo Paulo se aproxima de Deus. Ele se coloca de joelhos e reconhece que Deus é o Pai e que todas as famílias, no céu e na terra, tem o seu nome concedido por ele.

image

A expressão usada aqui por Paulo é muito semelhante a um dos títulos atribuídos ao imperador romano, o de Pater Patrias. A ideia desse título é que o imperador era aquele que supria toda a nação com a sua providência e benevolência. O imperador distribuía dinheiro ao povo e aos soldados, fazia obras públicas com dinheiro próprio, sustentava o povo com alimento (pão) e espetáculos (jogos, gladiadores = circo). Ele também era o responsável por ter estabelecido e manter a paz (Pax Romana).

Ao atribuir essa expressão a Deus, depois de saudar o povo com “graça a vós outros e paz, da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo” (Ef 1.2), Paulo está deixando claro que o verdadeiro Pater Patrias é Deus, e não somente do império Romano, mas ele é o provedor e sustentador de todas as famílias, grupos e ajuntamentos humanos e angelicais. Deus é o supremo Pater Patrias!

Peter O’brien, comentando esse versículo, diz que: “Cada família no céu aponta para grupos familiares e classes de anjos (veja 1.21), tanto bons quanto rebeldes, que devem a sua origem a Deus, enquanto cada família na terra fala de grupos familiares e, dessa fora, das estruturas básicas dos relacionamentos humanos que devem a sua existência a ele”. Ben Witherington III explica que quando Deus dá nome, ele “não simplesmente põe uma etiqueta, mas cria, constitui e atribui identidade”.

Infelizmente, no entanto, embora Deus seja o Criador e sustentador bondoso de todos, o ser humano nasce em um estado de rebelião contra Deus. Os seres humanos nascem como filhos da ira e filhos da desobediência.

image

É aí é que entra o terceiro sentido em que Deus é Pai. Deus é pai daqueles a quem ele adota como filhos. O louvor de Paulo no capítulo 1 (3-14) é porque Deus escolheu e predestinou pessoas por meio de Jesus Cristo (1) para ele e (2) para adoção de filhos. Deus transforma filhos da ira em filhos amados (5.1). Aqueles de nós que creem e amam a Cristo como Salvador têm o privilégio de ter Deus como o “nosso Pai” de maneira pessoal (1.2; 5.20) a quem temos acesso (2.18).

Assim, independente se você teve pai ou não, se o seu pai foi bom ou ruim, se as principais referências masculinas da tua infância foram abusivas a maldosas, se você não tem sido um bom pai. Existe um Deus no céu que está pronto para se tornar o teu papai perfeito, amoroso, carinhoso, protetor e provedor. O Filho de Deus (4.13) por excelência, o Amado (1.6), Jesus Cristo, deu a sua vida para prover perdão para os nossos pecados e possibilitar a nossa comunhão eterna com o Pai Perfeito. Ele pode ser o teu Pai e fazer de você um pai (ou mãe) melhor (Ef 6.1). Deus é Pai!

Mas, hoje, Deus é o teu Pai?

Esse é o melhor presente que podemos dar aos nossos filhos, tornarmo-nos filhos do Pai celeste e os ensinarmos a serem filhós de Deus. Essa é a maior alegria que nossos filhos podem nos dar: tornarem-se filhos adotivos amados do Pai da glória. Essa é a decisão mais importante que você pode tomar em toda a sua vida: aceitar Cristo e seu sacrifício como aquilo que possibilita que você seja adotado por Deus e possa aproximar-se dele como o seu pai.

Venha para a família de Deus (cf. Ef 2.19)!

 

Publicado originalmente em português.logos.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s