Missio Dei, Missão Integral e Igreja Missional: Moda ou Verdade? (Parte 1)

Os conceitos Missio Dei, igreja missional e missão integral, além de serem termos cristãos da moda, têm em comum, evidentemente, o fato de estarem relacionados com o conceito “missão”. A palavra missão vem do latim missio e significa envio. Dessa palavra latina deriva a nossa palavra míssil, bem como a expressão que encontramos nos websites das empresas como “nossa missão”. Creio que foi exatamente por influência cristã que a palavra missão passou a significar não somente o envio em si, mas também a tarefa a ser desempenhada bem como o objetivo de tal envio. A versão grega da palavra tem a ver com a palavra “apóstolo” (enviado).

Durante muito tempo, o termo missões foi entendido na igreja como sendo um departamento, uma responsabilidade de alguns cristãos, um dos afazeres da igreja e uma obra para pessoas chamadas por Deus especialmente para isso. Esse conceito começou a ser alterado a partir da concepção de Missio Dei, ou missão de Deus. A ideia por trás do termo Missio Dei é que o principal missionário é o próprio Deus. David Bosch, um dos principais proponentes desse conceito, o define da seguinte forma:

A nossa missão não tem vida própria: somente nas mãos do Deus enviado é que ela pode ser realmente chamada de missão… Missão não é primariamente uma atividade da igreja, mas um atributo de Deus. Deus é um Deus missionário. Não é a igreja que tem uma missão de salvação para cumprir no mundo, é a missão do Filho e do Espírito por meio do Pai que inclui a igreja. Missão, portanto, é vista como um movimento de Deus para o mundo e a igreja é vista como um instrumento para aquela missão. Existe igreja porque existe missão e não vice-versa. Participar na missão é participar do movimento do amor de Deus para com as pessoas, visto que Deus é a fonte do amor que envia.[1]

Deus é o principal missionário pois é dele o plano de revelar a Si mesmo para a sua própria glória e redimir pessoas, sistemas e coisas. Ele é o principal missionário pois, além de criar a missão, o Pai é também aquele que envia Jesus Cristo e ambos enviam o Espírito Santo. Vejamos na citação a seguir um pouco do papel de cada pessoa da Trindade na Missio Dei:

As pessoas da Trindade têm funções diferentes com respeito à Missio Dei. Deus o Pai é a fonte, o iniciador e o objetivo da Missio Dei, Deus o Filho é a encarnação da Missio Dei e Deus o Espírito Santo é a presença capacitadora da Missio Dei conforme visto na versão de Atos da Grande Comissão.[2]

Chris Wright, outro importante autor nesse assunto, mostra como o papel principal na missão é de Deus, mas, ao mesmo tempo, como Deus nos concede o privilégio de participar dessa missão que é dele:

Missão, então, em termos bíblicos, enquanto inescapavelmente nos envolve no planejamento e ação, não é primariamente uma questão de nossa atividade ou de nossa iniciativa. Missão, do ponto de vista de empreita humana, significa uma participação comprometida do povo de Deus nos propósitos de Deus para a redenção de toda a criação. A missão é de Deus. A maravilha é que Deus nos convida a nos juntarmos a ele.[3]

O Deus triúno é o principal missionário. Ele está em uma missão de refletir a própria glória dele no mundo. Para fazer isso, Ele está colocando em ação um plano para restaurar (redimir, libertar) pessoas, sistemas, coisas e o próprio cosmos. Temos o privilégio de sermos convocados por para participar dessa obra de redenção. Como podemos fazer isso? Apresentaremos uma resposta resumida em um próximo post, abordando a missão integral e o conceito de igreja missional.

 

11437067-20E4-4E59-A333-6513EFFA2B16

 


[1] David Bosch. Transforming Mission. Maryknoll, NY: Orbis Books, p. 390.

[2] Brian Stiller, Evangelicals Around the World: A Global Handbook for the 21st Century. Nashville: Thomas Nelson, p. 81.

[3] Chris Wright. The Mission of God. Downers Grove: InterVarsity Press, p. 67

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s