A Igreja: Definições e Lista de Versículos

A Igreja é maravilhosa. A igreja é a congregação, a assembléia e o ajuntamento daqueles chamados pelo próprio Deus para ser seu povo e seus filhos. É a igreja de Jesus Cristo e de Deus Pai, a comunidade daqueles que são habitados, empoderados e guiados pelo Espírito Santo de Deus. A Igreja é a comunidade dos discípulos de Jesus, os quais também são testemunhas da sua ressurreição e são chamados para fazer novos discípulos e anunciar o evangelho e as grandezas de Deus ao mesmo tempo em que servem uns aos outros e os de fora como representantes do próprio Senhor Jesus Cristo. A Igreja é o rebanho de Jesus, o bom pastor, o qual deu a sua vida pelas suas ovelhas e garante que ninguém as tirará de suas mãos. A igreja é a comunidade dos pecadores que creram na Palavra de Deus, nasceram de novo e são santificados e chamados para ser santos. A Igreja é o corpo do qual Cristo é o único cabeça. A Igreja é o edifício espiritual, o santuário, formado por Cristo, a pedra angular, com o fundamento dos apóstolos e profetas e cada cristão ao longo dos séculos como pedra espiritual. A igreja é a plantação de Deus para a qual ele mesmo dá o crescimento. A Igreja é o povo da nova aliança composto por filhos físicos e espirituais de Abraão, herdeiros da promessa salvos somente pela fé em Jesus. Com realidades local, regional, universal e “transtemporal”, a igreja é a proclamadora, a manifestação atual e a prévia do reino de Deus. A igreja é a plenitude de Cristo, a família de Deus, a casa de Deus, coluna e fortaleza da verdade, a comunidade daqueles chamados para imitar Cristo como profetas, sacerdotes e reis, o candeeiro, a Nova Jerusalém, a noiva de Cristo que habitará com ele nos novos céus e nova terra.

 

E mesmo assim, há tantos que desprezam a igreja! A igreja não é um projeto solo, nem um projeto apenas de uma liderança, mas é o resultado do ajuntamento. Igreja não é prédio, não é instituição lucrativa ou empresarial, nem é composta de eventos bem elaborados. Igreja é gente reunida, servindo-se mutuamente, fazendo discípulos e buscando santidade para a glória de Deus. Não menospreze a igreja de Deus e de Cristo. Não a trate como se sua presença não fizesse diferença. Valorize o ajuntamento do povo de Deus e disponha-se para servir e receber bênçãos dos demais membros do corpo. Considere um privilégio fazer parte da noiva amada de Cristo e valorize-a como ele mesmo a valoriza. Se Deus ama a Igreja, você também deve amá-la e demonstrar isso em suas atitudes.

 

 

Versículos sobre a Igreja

 

Os príncipes de todo o povo e todas as tribos de Israel se apresentaram na congregação do povo de Deus. Havia quatrocentos mil homens de pé, que puxavam da espada. (Juízes 20.2)

Aleluia! De todo o coração renderei graças ao Senhor, na companhia dos justos e na assembleia. (Salmo 111.1)

 

Aleluia! Cantai ao Senhor um novo cântico e o seu louvor, na assembleia dos santos. (Salmo 149.1)

 

Não continueis a trazer ofertas vãs; o incenso é para mim abominação, e também as Festas da Lua Nova, os sábados, e a convocação das congregações; não posso suportar iniquidade associada ao ajuntamento solene. (Isaías 1.13)

 

3 Serás uma coroa de glória na mão do Senhor, um diadema real na mão do teu Deus. 4 Nunca mais te chamarão Desamparada, nem a tua terra se denominará jamais Desolada; mas chamar-te-ão Minha-Delícia; e à tua terra, Desposada; porque o Senhor se delicia em ti; e a tua terra se desposará. 5 Porque, como o jovem desposa a donzela, assim teus filhos te desposarão a ti; como o noivo se alegra da noiva, assim de ti se alegrará o teu Deus… 10 Passai, passai pelas portas; preparai o caminho ao povo; aterrai, aterrai a estrada, limpai-a das pedras; arvorai bandeira aos povos. 11 Eis que o Senhor fez ouvir até às extremidades da terra estas palavras: Dizei à filha de Sião: Eis que vem o teu Salvador; vem com ele a sua recompensa, e diante dele, o seu galardão. 12 Chamar-vos-ão Povo Santo, Remidos-Do-Senhor; e tu, Sião, serás chamada Procurada, Cidade-Não-Deserta. (Isaias 62.3-5; 10-12)

 

18 Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela. 19 Dar-te-ei as chaves do reino dos céus; o que ligares na terra terá sido ligado nos céus; e o que desligares na terra terá sido desligado nos céus. (Mateus 16.18-19)

 

18 Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. 19 Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; 20 ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século. (Mateus 28.18-20)

 

14 Eu sou o bom pastor; conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem a mim, 15 assim como o Pai me conhece a mim, e eu conheço o Pai; e dou a minha vida pelas ovelhas. 16 Ainda tenho outras ovelhas, não deste aprisco; a mim me convém conduzi-las; elas ouvirão a minha voz; então, haverá um rebanho e um pastor… 27 As minhas ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem. 28 Eu lhes dou a vida eterna; jamais perecerão, e ninguém as arrebatará da minha mão. (João 10.14-16, 27-28)

 

Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. (João 15.5)

 

7 Respondeu-lhes: Não vos compete conhecer tempos ou épocas que o Pai reservou pela sua exclusiva autoridade; 8 mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria e até aos confins da terra. (Atos 1.7-8)

 

42 E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações. 43 Em cada alma havia temor; e muitos prodígios e sinais eram feitos por intermédio dos apóstolos. 44 Todos os que creram estavam juntos e tinham tudo em comum. 45 Vendiam as suas propriedades e bens, distribuindo o produto entre todos, à medida que alguém tinha necessidade. 46 Diariamente perseveravam unânimes no templo, partiam pão de casa em casa e tomavam as suas refeições com alegria e singeleza de coração, 47 louvando a Deus e contando com a simpatia de todo o povo. Enquanto isso, acrescentava-lhes o Senhor, dia a dia, os que iam sendo salvos. (Atos 2.42-47)

 

A igreja, na verdade, tinha paz por toda a Judeia, Galileia e Samaria, edificando-se e caminhando no temor do Senhor, e, no conforto do Espírito Santo, crescia em número. (Atos 9.31)

 

Atendei por vós e por todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo vos constituiu bispos, para pastoreardes a igreja de Deus, a qual ele comprou com o seu próprio sangue. (Atos 20.28)

 

assim também nós, conquanto muitos, somos um só corpo em Cristo e membros uns dos outros (Romanos 12.5)

 

à igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus, chamados para ser santos, com todos os que em todo lugar invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso (1 Coríntios 1.2)

 

6 Eu plantei, Apolo regou; mas o crescimento veio de Deus.  9 Porque de Deus somos cooperadores; lavoura de Deus, edifício de Deus sois vós… 16 Não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? 17 Se alguém destruir o santuário de Deus, Deus o destruirá; porque o santuário de Deus, que sois vós, é sagrado. (1 Coríntios 3.9, 16-17)

 

26 Pois todos vós sois filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus; 27 porque todos quantos fostes batizados em Cristo de Cristo vos revestistes. 28 Dessarte, não pode haver judeu nem grego; nem escravo nem liberto; nem homem nem mulher; porque todos vós sois um em Cristo Jesus. 29 E, se sois de Cristo, também sois descendentes de Abraão e herdeiros segundo a promessa. (Gálatas 3.26-29)

 

22 E pôs todas as coisas debaixo dos pés e, para ser o cabeça sobre todas as coisas, o deu à igreja, 23 a qual é o seu corpo, a plenitude daquele que a tudo enche em todas as coisas. (Efésios 1.22-23)

 

Assim, já não sois estrangeiros e peregrinos, mas concidadãos dos santos, e sois da família de Deus, 20 edificados sobre o fundamento dos apóstolos e profetas, sendo ele mesmo, Cristo Jesus, a pedra angular; 21 no qual todo o edifício, bem ajustado, cresce para santuário dedicado ao Senhor, 22 no qual também vós juntamente estais sendo edificados para habitação de Deus no Espírito. (Efésios 2.19-22)

 

para que, pela igreja, a multiforme sabedoria de Deus se torne conhecida, agora, dos principados e potestades nos lugares celestiais (Efésios 3.10)

 

14 Escrevo-te estas coisas, esperando ir ver-te em breve; 15 para que, se eu tardar, fiques ciente de como se deve proceder na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, coluna e baluarte da verdade. (1 Timóteo 3.14-15)

 

11 Pois, tanto o que santifica como os que são santificados, todos vêm de um só. Por isso, é que ele não se envergonha de lhes chamar irmãos, 12 dizendo: A meus irmãos declararei o teu nome, cantar-te-ei louvores no meio da congregação. (Hebreus 2.11-12)

 

Por isso, santos irmãos, que participais da vocação celestial, considerai atentamente o Apóstolo e Sumo Sacerdote da nossa confissão, Jesus, (Hebreus 3.1)

 

22 Mas tendes chegado ao monte Sião e à cidade do Deus vivo, a Jerusalém celestial, e a incontáveis hostes de anjos, e à universal assembleia 23 e igreja dos primogênitos arrolados nos céus, e a Deus, o Juiz de todos, e aos espíritos dos justos aperfeiçoados, 24 e a Jesus, o Mediador da nova aliança, e ao sangue da aspersão que fala coisas superiores ao que fala o próprio Abel. (Hebreus 12.22-24)

 

4 Chegando-vos para ele, a pedra que vive, rejeitada, sim, pelos homens, mas para com Deus eleita e preciosa, 5 também vós mesmos, como pedras que vivem, sois edificados casa espiritual para serdes sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por intermédio de Jesus Cristo. (1 Pedro 2.4-5)

 

9 Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz; 10 vós, sim, que, antes, não éreis povo, mas, agora, sois povo de Deus, que não tínheis alcançado misericórdia, mas, agora, alcançastes misericórdia. (1Pedro 2.9-10)

 

2 pastoreai o rebanho de Deus que há entre vós, não por constrangimento, mas espontaneamente, como Deus quer; nem por sórdida ganância, mas de boa vontade; 3 nem como dominadores dos que vos foram confiados, antes, tornando-vos modelos do rebanho. (1 Pedro 5.2-3)

 

20 Quanto ao mistério das sete estrelas que viste na minha mão direita e aos sete candeeiros de ouro, as sete estrelas são os anjos das sete igrejas, e os sete candeeiros são as sete igrejas. 2.1 Ao anjo da igreja em Éfeso escreve: Estas coisas diz aquele que conserva na mão direita as sete estrelas e que anda no meio dos sete candeeiros de ouro (Apocalipse 1.20-2.1)

 

21 1 Vi novo céu e nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe. 2 Vi também a cidade santa, a nova Jerusalém, que descia do céu, da parte de Deus, ataviada como noiva adornada para o seu esposo. 3 Então, ouvi grande voz vinda do trono, dizendo: Eis o tabernáculo de Deus com os homens. Deus habitará com eles. Eles serão povos de Deus, e Deus mesmo estará com eles. (Apocalipse 21.1-4)

 

9 Então, veio um dos sete anjos que têm as sete taças cheias dos últimos sete flagelos e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei a noiva, a esposa do Cordeiro; 10 e me transportou, em espírito, até a uma grande e elevada montanha e me mostrou a santa cidade, Jerusalém, que descia do céu, da parte de Deus, 11 a qual tem a glória de Deus. (Apocalipse 21.9-11)

 

Versículos sobre Frequência a Igreja

 

24 Consideremo-nos também uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras. 25 Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o Dia se aproxima. (Hebreus 10.24-25)

 

Alegrei-me quando me disseram: Vamos à Casa do Senhor. (Salmo 122.1)

 

Pois um dia nos teus átrios vale mais que mil; prefiro estar à porta da casa do meu Deus, a permanecer nas tendas da perversidade. (Salmo 84.10)

 

 

E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações. (Atos 2.42)

 

12 Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de ternos afetos de misericórdia, de bondade, de humildade, de mansidão, de longanimidade. 13 Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outrem. Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai vós; 14 acima de tudo isto, porém, esteja o amor, que é o vínculo da perfeição. 15 Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração, à qual, também, fostes chamados em um só corpo; e sede agradecidos. 16 Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo; instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração. 17 E tudo o que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai. (Colossenses 3.12-17)

 

2.1 Se há, pois, alguma exortação em Cristo, alguma consolação de amor, alguma comunhão do Espírito, se há entranhados afetos e misericórdias, 2 completai a minha alegria, de modo que penseis a mesma coisa, tenhais o mesmo amor, sejais unidos de alma, tendo o mesmo sentimento. 3 Nada façais por partidarismo ou vanglória, mas por humildade, considerando cada um os outros superiores a si mesmo. 4 Não tenha cada um em vista o que é propriamente seu, senão também cada qual o que é dos outros. (Filipenses 2.1-4)

 

Definições de Igreja

 

A Igreja Católica ou Universal, que é invisível, consta do número total dos eleitos que já foram, dos que agora são e dos que ainda serão reunidos em um só corpo sob Cristo, seu cabeça; ela é a esposa, o corpo, a plenitude daquele que cumpre tudo em todas as coisas. A Igreja Visível, que também é católica ou universal sob o Evangelho (não sendo restrita a uma nação, como antes sob a Lei) consta de todos aqueles que pelo mundo inteiro professam a verdadeira religião, juntamente com seus filhos; é o Reino do Senhor Jesus, a casa e família de Deus, fora da qual não há possibilidade ordinária de salvação. (Confissão de Fé de Westminster).[1]

 

Podemos definir operacionalmente a Igreja como a comunidade de pecadores regenerados, que pelo dom da fé, concedido pelo Espírito Santo, foram justificados, respondendo positivamente ao chamado divino, o qual fora decretado na eternidade e efetuado no tempo, e agora vivem em santificação, proclamando, quer com sua vida, quer com suas palavras, o Evangelho da Graça de Deus, até que Cristo venha (Hermisten M. P. Costa).[2]

 

A Igreja é a comunidade instituída pelo próprio Deus, a comunidade de fé e obediência que vive a partir da Palavra de Deus, a comunidade de fé e obediência de homens pecadores (Karl Barth).[3]

 

A Igreja Local é a Esperança do Mundo (Bill Hybels).[4]

 

Uma igreja saudável não é uma igreja que é perfeita e sem pecado. Ela não conseguiu tirar tudo de errado de si. Em vez disso, é uma igreja que luta continuamente para ficar do lado de Deus na batalha contra os desejos impuros e os enganos do mundo, de nossa carne e do diabo. É a igreja que continuamente procura se conformar à Palavra de Deus… Uma igreja saudável é uma congregação que reflete de forma crescente o caráter de Deus conforme esse caráter tem sido revelado na Palavra dele (Mark Dever).[5]

 

Tanto para Lutero quanto para Calvino, a igreja era simplesmente a comunidade dos santos, isso é, a comunidade daqueles que creem e são santificados em Cristo e que são unidos a Ele como seu cabeça. Essa é também a posição tomada nos padrões confessionais reformados. Assim, a Confissão Belga afirma: “Nós cremos e professamos uma Igreja católica ou universal, a qual é a santa congregação dos verdadeiros cristãos, todos os quais esperam a sua salvação em Jesus Cristo, sendo lavados pelo seu sangue, santificados e selados pelo Espírito Santo”. A Segunda Confissão Helvética expressa a mesma verdade ao dizer que a igreja é “a companhia dos fiéis, chamados e ajuntados para fora do mundo; uma comunhão de todos os santos, isso é, dos quais conhecem verdadeiramente e corretamente adoram e servem o verdadeiro Deus, em Jesus Cristo, o Salvador, pela Palavra do Espírito Santo e que, pela fé, são participantes de todas as boas graças que são gratuitamente oferecidas por meio de Cristo (Louis Berkhof).[6]

 

A Igreja forma uma unidade espiritual da qual Cristo é a cabeça divina. É animada por um Espírito, o Espírito de Cristo; professa uma fé, compartilha uma esperança e serve um Rei. É a fortaleza da verdade e a agência de Deus em comunicar aos cristãos todas as bênçãos espirituais. Como o corpo de Cristo ela é destinada a refletir a glória de Deus conforme manifestada na obra da redenção. A igreja é, em seu sentido ideal,  a Igreja conforme Deus pretende que ela seja e como se tornará, é um objeto de fé em vez de conhecimento. Daí a confissão “Eu creio na Santa Igreja Católica” (Louis Berkhof).[7]

 

A igreja de Cristo, e seu significado mais amplo, é a companhia total das pessoas regeneradas em todos os tempos e épocas, no céu ou na terra (Mt 16.18; Ef 1.22, 23; 3.10; 5.24, 5.25; Cl 1.18; Hb 12.23). Nesse sentido, a igreja é idêntica com o verdadeiro reino espiritual de Deus; ambos significando aquela humanidade redimida sobre a qual Deus em Cristo exerce verdadeiro domínio espiritual (Augustus Strong).[8]

 

A igreja, nesse sentido mais amplo, não é nada menos do que o corpo de Cristo – o organismo para o qual ele dá vida espiritual, e por meio do qual ele manifesta a totalidade de seu poder e graça. A igreja, portanto, não pode ser definida por termos meramente humanos, como um agregado de indivíduos associados para propósitos sociais, benevolentes ou até mesmo espirituais. Existe um elemento transcendente na igreja. Ela é a companhia real das pessoas que Cristo salvou, na quais ele habita e por meio de quem ele revela a Deus (Ef 1.22-23) (Augustus Strong).[9]

 

A igreja individual pode ser definida como a companhia menos de pessoas regeneradas, as quais, em qualquer comunidade específica, se unem voluntariamente, de acordo com as leis de Cristo, com o propósito de assegurar o estabelecimento completo do seu reino em si mesmas e no mundo (Augustus Strong).[10]

 

_______________________________________________________________

[1] Confissão de Fé de Westminster. Disponível em: http://www.monergismo.com/textos/credos/cfw.htm

[2] Hermisten M. P. Costa, A Igreja de Deus: Comunidade Carismática. Disponível em: http://www.monergismo.com/textos/igreja/comunidade_carismatica.htm

[3] Karl Barth, Theology and Church: Shorter Writings 1920-1928, Eugene: Wipf and Stock, 2015, p. 334. Disponível em: https://books.google.com/books?id=rVWnBgAAQBAJ&pg=PA334&dq=Church+definition&hl=en&sa=X&ved=0ahUKEwi2w_7Iqv_WAhWL3YMKHagvBcsQ6AEITTAH#v=onepage&q=Church%20definition&f=false

[4] Bill Hybels, Courageous Leadership. Grand Rapids: Zondervan, 2009. Disponível em: https://books.google.com/books?id=YxQMTfoAzZcC&printsec=frontcover&dq=“the+Church+is+the+hope+of+the+world”&hl=en&sa=X&ved=0ahUKEwjEsL3Rq__WAhUr5oMKHb2hAGU4FBDoAQhEMAU#v=onepage&q=Hope&f=false

[5] Mark Dever, What is a Healthy Church? Wheaton: Crossway, 2007, p. 40. Disponível em: https://books.google.com/books?id=HVFwh7zfpkwC&pg=PA40&dq=definition+church&hl=en&sa=X&ved=0ahUKEwjou5qGx__WAhVs7YMKHaHDARc4UBDoAQgsMAE#v=onepage&q=definition%20church&f=false

[6] L. Berkhof, Systematic Theology (Grand Rapids, MI: Wm. B. Eerdmans publishing co., 1938), 564.

[7] L. Berkhof, Systematic Theology (Grand Rapids, MI: Wm. B. Eerdmans publishing co., 1938), 564–565.

[8] Augustus Hopkins Strong, Systematic Theology (Philadelphia: American Baptist Publication Society, 1907), 887.

[9] Augustus Hopkins Strong, Systematic Theology (Philadelphia: American Baptist Publication Society, 1907), 888.

[10] Augustus Hopkins Strong, Systematic Theology (Philadelphia: American Baptist Publication Society, 1907), 890.

6 comentários sobre “A Igreja: Definições e Lista de Versículos

  1. joelbarbwright disse:

    Quão grande é o amor do Senhor para conosco!!!! Valeu querido Dr. João Paulo Thomaz de Aquino! Esboço e comentário bem completo, como sempre — algo nítidamente pronto para uma publicação maior, ou até como artigo ou captiulo num livro. Podemos ter muito mais aproveitamento disso no decorrer do tempo. 🙂 E este estudo faz eu lembrar do meu tempo pastoral no brasil. (Só para compartilhar: Quando me tornei um pastor títular (interino) de uma igreja em São Paulo, senti por Deus o valor de passar uns seis meses pregando dentro deste tópico do irmão, cada domingo respondendo para uma pergunta singular: “Quem Somos Nós?” — tratando pouco ao pouco cada item: Amados, Irmãos, Santos, Corpo de Cristo, Noiva de Cristo, Templo do Senhor, Pedras Vivas, Sacerdócio Real, Rebanho de Deus, Soldados, Servos, Luz do Mundo, etc…. Foi um bom tempo de sentirmos mais encorajados muituamente, de comprender e viver melhor o nosso chamado maior juntos. Um estudo “uns aos outros” — orando, encorajando, perdoando, preferindo-se, fortelecendo, amando cordialmente uns dos outros, etc…) faça parte. Mais uma vez, um GRANDE obrigado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s