Eu não tenho certeza da minha salvação! O que fazer? Ajudando cristãos sinceros a se assegurarem da perseverança dos santos.

bem me querA Bíblia ensina que os cristãos podem ter certeza de sua própria salvação e que isso não vem deles mesmos, mas é obra do Espírito Santo. Romanos 8.16, por exemplo, diz: “O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus.” Note que de dentro de nós, o mesmo Espírito Santo que opera a nossa adoção nos convence de que realmente somos filhos de Deus e nos habilita a clamarmos “Aba, Pai” (Rm 8.15). O Espírito é o selo de propriedade e penhor que garante nossa predestinação por parte de Deus (Efésios 1.13-14)

 

O problema é que muitos cristãos não sentem essa segurança em todo o tempo e passam a questionar a própria salvação: “Será que realmente sou salva? Será que Deus me escolheu ou terei uma surpresa terrível no último dia? Será que eu vou perseverar até o fim ou falharei diante de possíveis adversidades futuras? Por vezes tenho dúvida sobre a existência de Deus e sobre a veracidade da Palavra, será que isso significa que não sou cristão de verdade?”

 

Em primeiro lugar, quero afirmar que cristãos verdadeiros podem ter esse tipo de questionamento de tempos em tempos. Os cristãos para quem João escreve sua primeira carta estavam enfrentando esse tipo de dúvida e, por isso mesmo João lhes escreveu: “E nisto conheceremos que somos da verdade, bem como, perante ele, tranquilizaremos o nosso coração; pois, se o nosso coração nos acusar, certamente, Deus é maior do que o nosso coração e conhece todas as coisas.” (1 João 3.19-20)

 

O coração do cristão por vezes o acusa. Além disso, o mesmo Satanás que tentou colocar dúvidas em Jesus Cristo se ele era filho de Deus (Mateus 4.6), tenta fazer o mesmo conosco por meio de seus dardos inflamados, motivo pelo qual Paulo nos ordena a usar o capacete de salvação (Efésios 6.16-17), ou seja, uma consciência de que somos, de fato, filhos de Deus.

 

O que fazer, então, quando esses pensamentos terríveis querem te derrubar? Leia, medite e decore textos da Palavra de Deus que garantem a sua segurança e ore ao Senhor para te acalmar e convencer novamente. Apresentamos aqui alguns desses textos bíblicos propícios para esses momentos de dúvida. Por exemplo, João 15.16 afirma: “Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda“. Se hoje você escolhe Jesus, é porque Ele te escolheu primeiro. A nossa escolha é sempre consequência da escolha dele. Se você tem frutos cristãos e tua oração por vezes é ouvida, isso só acontece porque você foi escolhido por Jesus para usufruir essas bênçãos.

 

Outro texto do evangelho de João confortante para os momentos de ataque à nossa fé é João 6.37-40: Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim; e o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora. Porque eu desci do céu, não para fazer a minha própria vontade, e sim a vontade daquele que me enviou. E a vontade de quem me enviou é esta: que nenhum eu perca de todos os que me deu; pelo contrário, eu o ressuscitarei no último dia. De fato, a vontade Rm de meu Pai é que todo homem que vir o Filho e nele crer tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia”. Novamente, se você veio a Cristo em algum momento de sua vida, depositou sobre ele a sua fé, vida e amor nele, isso só aconteceu porque o Pai anteriormente já havia dado você ao Filho! Assim, existe uma segurança firme e inabalável de que o mesmo Deus que começou essa boa obra vai concluí-la até o dia da volta de Cristo (Filipenses 1.6). Todo aquele que o Pai deu ao Filho vem a ele. Este não será lançado fora e certamente será ressuscitado no último dia! Aleluia!

 

Para aumentar a sua segurança em Cristo, ajuda também se você meditar nos textos que mostram a diferença entre o cristão e aquele que não é de Deus, como Efésios 2.1-3, por exemplo: “Ele vos deu vida, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados, nos quais andastes outrora, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe da potestade do ar, do espírito que agora atua nos filhos da desobediência; entre os quais também todos nós andamos outrora, segundo as inclinações da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos, por natureza, filhos da ira, como também os demais”. O perdido não crê, mas está morto e é marionete nas mãos do mundo, da carne e do Diabo. Se essa não é a sua situação, você pode estar seguro que a vida de Cristo já foi implantada em você.

 

A 1ª carta de João apresenta três testes para tirar a dúvida se alguém pertence a Deus: santidade pessoal, amor fraternal e fé de que Jesus é realmente o Filho de Deus. Os ímpios, por outro lado, vivem no Maligno:

 

1 João 2.3 Ora, sabemos que o temos conhecido por isto: se guardamos os seus mandamentos.

1 João 3.6 Todo aquele que permanece nele não vive pecando; todo aquele que vive pecando não o viu, nem o conheceu.

1 João 3.18-19 Filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas de fato e de verdade.  19 E nisto conheceremos que somos da verdade, bem como, perante ele, tranquilizaremos o nosso coração.

1 João 5.18 Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não vive em pecado; antes, Aquele que nasceu de Deus o guarda, e o Maligno não lhe toca. 19 Sabemos que somos de Deus e que o mundo inteiro jaz no Maligno.

 

Se você tem batalhado para viver uma vida santa (ainda que com falhas), luta por negar os seus próprios interesses em prol de seus irmãos (ainda que não perfeitamente) e crê que Jesus Cristo é o Filho de Deus encarnado que morreu na cruz para te livrar do inferno, você tem vida e eterna. Isso é obra de Deus. Você pode estar seguro que junto com outros da família da fé vocês são “guardados pelo poder de Deus, mediante a fé, para a salvação preparada para revelar-se no último tempo” (1 Pedro 1.5).

 

Se você teve uma experiência real existencial com Jesus Cristo e foi transformado pela Palavra e ama Jesus, você pode ter certeza de que Deus não vai te deixar cair totalmente. Jesus intercede por você (Hebreus 11.25; João 17.11, 20-21) e o Pai te garante: “De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei” (Hebreus 13.5). A sua segurança, portanto, não está no fato de que você nunca vai falhar, mas sim no fato de que a Trindade excelsa e onipotente garante levar a bom termo a sua salvação. Cristo não te deixará escorregar das santas mãos dele: “As minhas ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem. Eu lhes dou a vida eterna; jamais perecerão, e ninguém as arrebatará da minha mão.” (João 10.27-28)

 

Descanse, portanto, no invencível amor de Deus:

 

Romanos 8.29-39 Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. 30 E aos que predestinou, a esses também chamou; e aos que chamou, a esses também justificou; e aos que justificou, a esses também glorificou.31 Que diremos, pois, à vista destas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? 32 Aquele que não poupou o seu próprio Filho, antes, por todos nós o entregou, porventura, não nos dará graciosamente com ele todas as coisas? 33 Quem intentará acusação contra os eleitos de Deus? É Deus quem os justifica. 34 Quem os condenará? É Cristo Jesus quem morreu ou, antes, quem ressuscitou, o qual está à direita de Deus e também intercede por nós.  35 Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada? 36 Como está escrito: Por amor de ti, somos entregues à morte o dia todo, fomos considerados como ovelhas para o matadouro. 37 Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou. 38 Porque eu estou bem certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as coisas do presente, nem do porvir, nem os poderes, 39 nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.

 

Passos práticos que você pode dar para aumentar a sua segurança cristã:

 

  • Medite nos textos bíblicos aqui referidos e outros que falem sobre a segurança da salvação, o testemunho interno do Espírito Santo, a perseverança dos santos e a graça de Deus. Estude com afinco essas doutrinas.
  • Decore versículos bíblicos que falem de maneira especial com você.
  • Ore e jejue por essa questão específica
  • Ache cristãos maduros que possam te ajudar nesse processo e orar com e por você. A vida cristã deve ser vivida em comunidade.
  • Esforce-se para melhorar o nível de sua vida cristã prática: boas obras, santificação e amor fraternal.
  • Abuse dos meios de graça: Bíblia, oração, sacramentos, comunhão dos santos.
  • Encontre um conselheiro bíblico que te ajude a entender os processos internos do teu coração que impedem uma maior segurança cristã. Pode ter a ver com sua história de vida, personalidade, pecado não tratado, orgulho, legalismo e tantas outas facetas no nosso eu interno.

2 comentários sobre “Eu não tenho certeza da minha salvação! O que fazer? Ajudando cristãos sinceros a se assegurarem da perseverança dos santos.

  1. Antonio Paulino da Silva disse:

    Eu não tenho certeza da minha salvação!
    Professor João Paulo,
    O artigo em pauta é bastante pertinente para os nossos dias, assim como João encontrou corações volúveis na igreja em seus dias, tendo como objetivo escrever e expor a heresia dos falsos mestres que tentavam desviar a fé de alguns e ao mesmo tempo confirmar a fé dos verdadeiros crentes.
    Há indivíduos que apostataram da sua fé ou que nunca tiveram uma fé autêntica em Jesus Cristo nos dias atuais. Procuram colocar dúvidas em corações duvidosos com a anuência do inimigo de nossas almas.
    Esse artigo vem contribuir para dá segurança aos corações que em função dos dias maus que colocam incertezas da sua salvação. E por outro lado, vem corroborar com aqueles que já têm essa certeza a fim de permanecerem inabaláveis.
    Muito edificante o artigo em tela.
    Paulino.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s