Pai Nosso (Mateus 6.9)

pai e filhoÉ maravilhoso o fato de que podemos chamar o Senhor do Universo de Pai. Ele é o Senhor Santo e Temível, mas também é o nosso Papai. Aleluia! J. I. Packer, afirma que podemos chamar Deus de Pai em três sentidos: como Criador de todas as pessoas e coisas, como o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo e como o Pai dos cristãos por adoção.[1] Jesus estava ensinando, a partir do último sentido, que é o sentido em que os cristãos se aproximam de Deus, não por direito de criação, mas por terem sido adotados em Cristo. Como eu escrevi em outro lugar, infelizmente, nem todos são de fato filhos de Deus.[2] Jesus começa sua oração modelar invocando a Deus como Πάτερ (Páter, Pai). Essa palavra é usada, no sentido religioso, 245 vezes no Novo Testamento é uma das ideias centrais da teologia cristã primitiva.[3] Deus é o Pai nosso.

1. Podemos chamar Deus de Pai, pois fomos adotados por ele:

Romanos 8:15 Porque não recebestes o espírito de escravidão, para viverdes, outra vez, atemorizados, mas recebestes o espírito de adoção, baseados no qual clamamos: Aba, Pai.

Gálatas 4:5-6 vindo, porém, a plenitude do tempo, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei, para resgatar os que estavam sob a lei, a fim de que recebêssemos a adoção de filhos. E, porque vós sois filhos, enviou Deus ao nosso coração o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai!

Efésios 1:5-6 nos predestinou para ele, para a adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade, para louvor da glória de sua graça, que ele nos concedeu gratuitamente no Amado…

Jesus veio para nos fazer filhos de Deus, por meio dele é que somos filhos.

É o Espírito de Jesus que nos ajuda a clamar Abba (papai), ou seja, nossa união mística com Cristo nos dá acesso íntimo a Deus.

Deus nos predestinou para fazer-nos seus filhos.

Slide2
Imagem do Logos com recursos sobre a Oração do Pai Nosso

2. Como me tornar filho de Deus?

João 1:12 Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome;

Gálatas 3:26 Pois todos vós sois filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus;

Slide3
Imagem do Logos com recursos sobre a Oração do Pai Nosso

3. Quais evidências de que sou Filho de Deus?

Mateus 5:9 Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus.

Mateus 5.44-45 Eu, porém, vos digo: amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem; para que vos torneis filhos do vosso Pai celeste, porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons e vir chuvas sobre justos e injustos.

1João 3.1-2 Vede que grande amor nos tem concedido o Pai, a ponto de sermos chamados filhos de Deus; e, de fato, somos filhos de Deus. Por essa razão, o mundo não nos conhece, porquanto não o conheceu a ele mesmo. Amados, agora, somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que haveremos de ser. Sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque haveremos de vê-lo como ele é.

Romanos 8:14 Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus.

Lucas 6.36 Sede misericordiosos, como também é misericordioso vosso Pai.

Marcos 11.25-26 E, quando estiverdes orando, se tendes alguma coisa contra alguém, perdoai, para que vosso Pai celestial vos perdoe as vossas ofensas. Mas, se não perdoardes, também vosso Pai celestial não vos perdoará as vossas ofensas.

Aplicações

1. Se você não é Filho de Deus, aceite que Jesus Cristo morreu a tua morte, a fim de que você não vá para o inferno, mas, adotado por Deus, usufrua a eternidade com ele.

2. Se você já é filho, comporte-se como filho:

  • Fale com o Pai, desenvolva um relacionamento de intimidade com ele, não se relacione com o Pai com base na lei: não somos escravos, somos filhos!
  • Tenha interesse pelas coisas do Pai
  • Lembre-se de que tudo o que você tem pertence ao teu Pai, incluindo filhos, capacidades e dinheiro. Use de tal forma que o Pai seja glorificado.
  • Lembre-se que o Pai bondoso não gosta que os seus filhos andem no erro. Ele decide quando nos deve tratar com misericórdia e quando nos deve punir, então, tema o Pai.
  • Descanse no amor do Pai: mesmo a disciplina do Pai tem como fundamento o amor dele.
  • Ainda que você não tenha tido a experiência de ter um [bom] pai, saiba que o Pai celestial é perfeito, todo amoroso, sempre atento à nossa voz e necessidades, sempre disposto a nos restaurar.

Oração: Obrigado, Senhor, porque podemos te chamar de Abba, Papai.

 

Publicado originalmente em http://portugues.logos.com em  Jan 28, 2015

___________________________

[1] J. I. Packer, Growing in Christ (Wheaton, IL: Crossway Books, 1994), 28. “In fact, when the New Testament speaks of God’s fatherhood it is not with reference to creation, but in two further connections. The first is the inner life of the Godhead. Within the eternal Trinity is a family relation of Father and Son. On earth, the Son called the One whom he served “my Father” and prayed to him as Abba—the Aramaic equivalent of a respectful Dad.”

[2] Veja: https://yvaga.wordpress.com/2014/02/08/filho-de-quem/

[3] Lothar Coenen & Colin Brown, Dicionário Internacional de Teologia do Novo Testamento, p. 1504.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s