Como perdoar um(a) irmão(ã) em Cristo que me feriu?

mocking_bird_argumentNós, cristãos, somos pessoas em meio a um processo de santificação. Ainda estamos longe de ter a imagem de Cristo totalmente formada em nós (Gl 4.19; 2Co 3.18). Por isso mesmo, é inevitável que de vez em quando estejamos envolvidos em problemas de relacionamento, crises e discussões. Os problemas relacionais podem acontecer entre líderes da igreja que têm visões diferentes sobre algo, entre um pastor que não se sente respeitado e uma ovelha que não se sente cuidada, entre duas mães por causa de desavenças entre seus filhos, entre casais e por motivos diversos como inveja, ciúmes, senso de superioridade, falta de atenção, críticas justas, críticas injustas e a lista poderia ficar muito maior. O motivo por trás da escrita da maioria das cartas que encontramos no Novo Testamento foi problemas de relacionamento.

.
O fato é que se nos relacionarmos de verdade, certamente enfrentaremos problemas de relacionamento, mesmo sendo cristãos. Assim, se os problemas relacionais são inevitáveis, precisamos saber: Como restaurar o relacionamento? Como eu faço para perdoar um irmão ou irmã com quem tive um problema?

.

Segue aqui um passo a passo bem simples. Se você está vivendo essa situação, em oração, leia esse texto e principalmente os textos bíblicos referidos abaixo e aja de acordo.

  • Ore pedindo sabedoria e força para fazer a vontade de Deus: “Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração, prova-me e conhece os meus pensamentos; vê se há em mim algum caminho mal e guia-me pelo caminho eterno.” (Salmo 139.23-24)
  • Lembre-se de que a vingança pertence ao Senhor e não a nós: “se possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens; não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira; porque está escrito: A mim me pertence a vingança; eu é que retribuirei, diz o Senhor… Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem.” (Romanos 12.18-19, 21)
  • Na presença de Deus em oração, analise quais foram os teus erros na situação (crise, evento) e seja justo e misericordioso ao analisar os erros da outra pessoa. Lembre-se de que Deus é misericordioso com você (Êxodo 34.5-6; Salmo 103.9-11; Lucas 15.20; Efésios 2.4-5).
  • Peça perdão ao Senhor pelos teus erros relacionados ao problema de relacionamento que você está enfrentando (1 João 1.9; Salmo 51; 32)
  • Lembre-se de que a regra para sentirmos o perdão de Deus para nós é que perdoemos aqueles que nos lesaram de alguma forma (Efésios 4.32; Colossenses 3.12-13; Mateus 6.14-15).
  • Ore a oração do Pai Nosso, enfatizando o trecho “e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós temos perdoado aos nossos devedores; e não nos deixes cair em tentação; mas livra-nos do mal”.
  • Conscientize-se de que se Cristo morreu por essa pessoa (se ela é cristã), e, assim, já não há nenhuma condenação sobre ela. Não é justo, portanto, que você a fique julgando e condenando (Romanos 8.1): “Não julgueis e não sereis julgados; não condeneis e não sereis condenados; perdoai e sereis perdoados” (Mateus 6.37)
  • Lute para desenvolver a mesma disposição de se humilhar que houve em Cristo (Filipenses 2.1-11; Marcos 8.34; 1 Pedro 3.8-9; 5.5-7): “Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes.” (Tiago 4.6. Veja tb. o versículo 10)
  • Lembre-se de que a base da comunhão cristã não é sentimentalismo, simpatia ou interesses compartilhados, mas é a obra completa de Cristo na cruz que sobrenaturalmente nos transformou em um só corpo. Assim, todos precisamos de todos e ninguém pode dizer que o outro não é necessário (Efésios 4.1-6; 1 Coríntios 12.12-26; Filipenses 4.2)
  • Seja fortalecido no fato de que há bênção para os pacificadores: eles serão chamados filhos de Deus! (Mateus 5.9; Veja tb. Tiago 3.16-18).
  • Relembre de que o amor é tanto um sentimento quanto um dever cumprido por meio de atitudes (1 Coríntios 13; 1 João 3.16)
  • Se você quer ser sábio, ande pelo caminho do perdão, restauração de relacionamento e um falar adequado (Provérbios 15.1, 26; 16.24, 28; 17.9; 19.11; 25.11. Veja também Colossenses 4.6 e Tiago 3.7-18)
  • Não espere vir um sentimento perfeito de perdão antes de tomar a atitude de perdoar. Como somos pecadores, muitas vezes temos que fazer a vontade de Deus por obediência mesmo e depois Deus manda o sentimento adequado. Quando os discípulos pediram “Aumenta-nos a fé” após Jesus ter dito que eles deveriam perdoar a mesma pessoa sete vezes no mesmo dia, Jesus concluiu dizendo: “Assim também vós, depois de haverdes feito quanto vos foi ordenado, dizei: Somos servos inúteis, porque fizemos apenas o que devíamos fazer.” (veja Lucas 17.3-10)
  • Se necessário, procure alguém maduro na fé que possa servir como conselheiro e mediador entre vocês dois (duas), assim como fez Paulo com Filemom e Onésimo (Filemom)
  • Enfrente a falta de vontade. Vá até a pessoa, peça perdão pelos teus erros e faça o possível para restaurar o relacionamento por meio de uma conversa sincera e vulnerável. “Se, pois, ao trazeres ao altar a tua oferta, ali te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, deixa perante o altar a tua oferta, vai primeiro reconciliar-te com teu irmão; e, então, voltando, faze a tua oferta.” (Mateus 5.23-24)
  • Na medida do possível repare o teu erro (Lucas 19.8; Mateus 5.20)

 

Cônjuges brigam, líderes da igreja discordam, amigos se estranham, amigas discutem, filhos desrespeitam, pais falham… Pessoas mentem, sentem ciúmes, fazem maldades e falam palavras que machucam. Tudo isso é próprio de um mundo caído e, infelizmente, também acontece entre aqueles por quem Cristo morreu. Essas crises não devem ser vistas apenas como derrotas (1 Coríntios 6.7), mas também como oportunidades para aprofundarmos os nossos relacionamentos em Cristo Jesus. Tudo depende de como você vai lidar com a crise. Que o Pai te dê forças para perdoar e ser perdoado(a).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s