O Anoitecer da Alma

Era dia. Estava ensolarado. Tivera uma boa noite de sono e me levantara cedo e bem disposta. Fui dar uma volta pela cidade. Era primavera. As flores estavam brotando; algumas já haviam desabrochado, ostentando suas cores fortes e imponentes e se faziam presentes através de um perfume muito gostoso e delicado. A cidade era linda e eu caminhava observando e apreciando a paisagem. Às vezes eu parava, conversava com as pessoas que se interessavam pela conversa. Eu me interessava no jeito delas e elas me encantavam! O dia estava sendo muito agradável. Eu passeava, vendia, comprava, negociava, conversava, lia, abraçava, estendia a mão, e conhecia. Alguns lugares eram um tanto sombrios, algumas pessoas muito sérias e com semblantes tristes. Isso me deixava um pouco incomodada, mas nada que o ouvir do cantar dos pássaros não me desviasse a atenção novamente, atenção esta que insistia em se voltar à beleza da natureza. Tais pessoas estavam na noite, eu estava no dia, não entendi nada. Passeei, observei, conversei, comprei, cantei, amei, vivi o dia todo. Até que a noite chegou; chegou como quem vem de surpresa. Algumas pessoas haviam me avisado, mas, sabe como é, se você não viu a noite, você não vai entender. E eu achava que não veria a noite. A noite é um tempo-espaço escuro, frio, monocromático, sem alegria, sem interesse, sem presenças, nem presente. É um lugar de angústia e solidão. Ninguém vê, ninguém entende, porque enquanto você está na noite, os que andam ao seu lado estão no dia, e enquanto o dia é bonito e colorido, a noite é fria e vazia. Graças a Luz, que um dia eu conheci, pois mesmo na mais profunda escuridão, ela se faz presente dentro de mim. É ela que eu tenho e ela me tem. Ela me alimenta, aquece e sustém. Ela me dá esperança de que, mesmo após uma noite escura e fria, a bela manhã de primavera virá novamente. E mais: que um dia, as noites serão claras, coloridas, aquecidas, alegres e lindas, porque a noite brilhará como o sol do meio dia. A noite e o dia, para a Luz, são a mesma coisa! E esse é o brilho de luz que espero que você tenha naquelas noites escuras e frias do anoitecer da sua alma!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s