Bela, recatada e do lar: encômio à minha esposa e interrogação ao feminismo cristão

A matéria da revista veja que começa com o título “bela, recatada e ‘do lar’“, termina com o comentário: “Michel Temer é um homem de sorte”. A matéria é assinada por uma jornalista mulher e apresenta uma mulher, Marcela Temer, esposa do atual vice-presidente da república e mãe. A matéria não desrespeita ninguém, não xinga e não diz que todas as mulheres devem ficar dentro de casa. A matéria também não critica as mulheres que trabalham (foi escrita por uma), nem vai contra valores considerados feministas. Por que, então, a matéria tem causado tantas reações sentimentalmente carregadas?

Mais do que um homem de sorte, eu sou um homem muito abençoado por Deus, pois também tenho uma esposa que é bela, recatada e do lar. Tenho a vantagem de conviver com ela durante a semana e os finais de semana (diferente do casal Temer). Deus me deu uma esposa extremamente inteligente, capaz, sagaz, sensível e ótima administradora. Ela também é linda, carinhosa, alegre, ótima cozinheira, cuidadosa com o marido e os filhos, emotiva e intensa. Todas essas características da minha Ju fazem com que a nossa casa, ou melhor, o nosso lar, seja um lugar alegre, vibrante, criativo e gostoso. Nossos três filhos têm aproveitado o fato de terem uma mãe presente e que interage com eles constantemente, procurando sempre aplicar a Palavra de Deus de forma pessoal e particular a cada um deles. Eu tenho na Ju a minha melhor amiga, companheira, conselheira e parceira. Temos um ministério juntos: abençoar vidas por meio da explicação e aplicação das Escrituras. Embora eu normalmente apareça, ela me ajuda muito nas minhas palestras, sermões, planejamentos e mutuamente nos ajudamos e desafiamos a crescermos como cristãos. Ju é uma psicóloga e psicopedagoga extremamente conhecedora de sua área e optou por ficar em casa enquanto os nossos filhos são pequenos e precisam de maneira especial de sua presença e direção nos caminhos do Senhor.  A Ju foi e é o instrumento mais importante que Deus usou em todas as “minhas” conquistas. Eu sou um homem muito abençoado por Deus por ter uma esposa linda, ativa, inteligente, presente, disposta, amiga, criativa e ‘do lar’.

Não somos exemplo perfeito, não creio que haja somente uma maneira de fazer a vontade de Deus e há casos e casos. Ainda assim, tanta revolta por parte de pessoas cristãs me levanta algumas perguntas: E se o próprio Criador Deus fez as mulheres de tal forma que elas se sintam mais realizadas não tendo que exercer funções iguais às dos homens? E se Deus realmente estabeleceu fisiologia e papéis diferentes? E se a Bíblia for a nossa regra também para definir o que é ser mulher e o que é ser homem? E se ao vivermos de acordo com os padrões bíblicos encontramos verdadeira realização? Se tudo isso for verdade, contra quem é toda essa revolta?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s