Culpado ou Inocente? Pensamentos em Romanos 2

Quando Paulo diz que Deus não faz acepção de pessoas (Rm 2.11), ele o diz em um contexto em fala sobre o julgamento de Deus. Deus é justo e ele retribui a cada um segundo as suas obras (Rm 2.6). Assim, aqueles que praticam o mal receberão ira, juizo, condenação (Rm 2.2, 5), ira, indignação (Rm 2.8), tribulação e angústia (Rm 2.9).

Por outro lado, o mesmo Deus que produz o arrependimento em nós (Rm 2.4) é aquele que dá vida eterna àqueles que perseveram em praticar o bem e procuram coisas honrosas e que não se corrompem (Rm 2.7). Deus quer dar glória, honra e paz, mas ele somente o fará aqueles que praticam o bem (Rm 2.10).

Sim, para sermos salvos somente precisamos nos arrepender de nossos pecados e crer em Jesus Cristo como Salvador, mas a prova de que isso realmente aconteceu conosco é se em nossa vida prática reconhecemos Jesus como Senhor e praticamos o bem. Não adianta se achar predestinado, convertido ou vocacionado para o ministério, a verdadeira vida cristã diz respeito à práticas de boas obras para a glória de Deus.

Portanto, se você vive julgando os outros pela sua teologia, prática, modos, costumes, tradições, mas você mesmo não pratica o bem, você é indesculpável (Rom 2.1). Julguemos menos, amemos e ajamos mais.

Romanos 2.1 Portanto, és indesculpável, ó homem, quando julgas, quem quer que sejas; porque, no que julgas a outro, a ti mesmo te condenas; pois praticas as próprias coisas que condenas. 2 Bem sabemos que o juízo de Deus é segundo a verdade contra os que praticam tais coisas. 3 Tu, ó homem, que condenas os que praticam tais coisas e fazes as mesmas, pensas que te livrarás do juízo de Deus? 4 Ou desprezas a riqueza da sua bondade, e tolerância, e longanimidade, ignorando que a bondade de Deus é que te conduz ao arrependimento? 5 Mas, segundo a tua dureza e coração impenitente, acumulas contra ti mesmo ira para o dia da ira e da revelação do justo juízo de Deus, 6 que retribuirá a cada um segundo o seu procedimento: 7 a vida eterna aos que, perseverando em fazer o bem, procuram glória, honra e incorruptibilidade; 8 mas ira e indignação aos facciosos, que desobedecem à verdade e obedecem à injustiça. 9 Tribulação e angústia virão sobre a alma de qualquer homem que faz o mal, ao judeu primeiro e também ao grego; 10 glória, porém, e honra, e paz a todo aquele que pratica o bem, ao judeu primeiro e também ao grego. 11 Porque para com Deus não há acepção de pessoas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s