Gratidão (1 Coríntios 1.4-9)

4 Sempre dou graças a [meu] Deus a vosso respeito, a propósito da sua graça, que vos foi dada em Cristo Jesus;  5 porque, em tudo, fostes enriquecidos nele, em toda a palavra e em todo o conhecimento;  6 assim como o testemunho de Cristo tem sido confirmado em vós,  7 de maneira que não vos falte nenhum dom, aguardando vós a revelação de nosso Senhor Jesus Cristo,  8 o qual também vos confirmará até ao fim, para serdes irrepreensíveis no Dia de nosso Senhor Jesus Cristo.  9 Fiel é Deus, pelo qual fostes chamados à comunhão de seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor. (1 Coríntios 1.4-9)

amigos Podemos dizer que a primeira lição que temos nesse texto é o dever e privilégio da gratidão. Somos desafiados a comparar as nossas orações com as de Paulo. Pelo quê normalmente oramos? Pelo quê normalmente o apóstolo Paulo orava? No meu caso encontro uma diferença. Eu oro por saúde, por melhora nas finanças, pelo bem de minha família, amigos, irmãos em Cristo, mas nem sempre agradeço.

Paulo, por sua vez, começa a maioria de suas cartas com gratidão e seus pedidos envolvem o desenvolvimento espiritual dos cristãos: conhecimento e santidade até a vinda de Cristo. Note a importância que Paulo atribui à pureza da vida cristã, ao conhecimento de Deus e à prática do serviço cristão! Como já vimos, os coríntios não eram cristãos muito bons. Em muitas áreas da vida ainda viviam como ímpios e deixavam que sua cosmovisão mundana definisse suas atitudes e valores.

Ainda assim, por aquilo que Deus já havia feito entre eles Paulo agradece, e o faz sempre. O que Deus estava fazendo entre os coríntios que é motivo da gratidão do apóstolo? 1) Deus os havia enriquecido em toda palavra e conhecimento. 2) O testemunho de Cristo era confirmado entre eles por meio dos dons espirituais que tinham. 3) Deus iria confirmá-los irrepreensíveis até o dia da revelação de Cristo. 4) Deus os chamou à comunhão de Cristo. Esses eram motivos de sobra para gratidão. Eram motivos suficientes para que o apóstolo orasse sempre, não só para pedir, mas para reconhecer àquele que faz tudo em todos.

Oração: Senhor, ensina-nos a orar. Ajuda-nos a valorizar as coisas que realmente têm valor. Dá-nos a graça de ver a tua atuação na vida de nossos irmãos e na nossa também. Dá-nos, Senhor, a bênção de ter uma cosmovisão mais próxima da tua conforme revelada em tua Palavra. Pedimos em nome de Jesus Cristo, amém.

Música: https://www.youtube.com/watch?v=L1XHwaqdQKA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s