Um Verdadeiro Feliz Natal!!!

 

ImageMas para a terra que estava aflita não continuará a obscuridade… O povo que andava em trevas viu grande luz, e aos que viviam na região da sombra da morte, resplandeceu-lhes a luz. Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz; para que se aumente o seu governo, e venha paz sem fim sobre o trono de Davi e sobre o seu reino, para o estabelecer e o firmar mediante o juízo e a justiça, desde agora e para sempre. O zelo do SENHOR dos Exércitos fará isto. (Profeta Isaías 9.1-2, 6-7)

 

Qual é o maior problema da humanidade? Será a falta de dinheiro? Ou, quem sabe, a falta de saúde? Pode muito bem ser a má distribuição de renda e a luta pelo poder.  Alguns afirmam que o problema é a falta de amor e outros que é a falta de amor próprio. Muitos explicam todas as mazelas apontando a falta de oportunidades. Qual é o verdadeiro problema da humanidade?

 

O maior problema da humanidade é o homem. Mais precisamente, o maior problema é uma tendência má que o homem carrega dentro de si para o egoísmo, orgulho e cobiça. É por causa desta “tendência má” que falta dinheiro, saúde, que a renda está mal distribuída e as pessoas lutam pelo poder. Você e eu sabemos do que estou falando, conhecemos essa inclinação para o mal por experiência própria. Por vezes lutamos contra ela e somos vencidos, por vezes vencemos… mas tornamos a perder mais adiante. Fomos criados por Deus, mas nos afastamos dele e a consequência só poderia ser culpa e rebelião. A consequência é que por trás da máscara de felicidade que usamos frente aos outros, por dentro, muitas vezes, nos sentimos em “angústia, escuridão e sombras de ansiedade, lançados para densas trevas” (Isaías 8.22).

 

Você pode perguntar: Há solução? A resposta é: Sim! E ela não está na busca por mais dinheiro, mais poder, mais tecnologia, mais prazer, mais sucesso, melhor aparência, ou qualquer outra solução humana (Isaías 2.6-4.1). A solução de Deus para nossas trevas é o nascimento de um menino (veja a citação do começo do texto): “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3.16). Deus Filho deixou os céus e fez-se homem para, como homem, salvar seres humanos como você e eu. “Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou o seu Filho como propiciação pelos nossos pecados” (1 João 4.10). Propiciação significa tornar propício, favorável.

 

     O menino Jesus, razão e significado no Natal, nasceu para acabar com a nossa “tendência má” (pecado), que era aquilo que nos afastava de Deus (aquele que dá significado a nossa existência, o sumo bem): “Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça” (Isaías 59.2).

 

     Aquele menino: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz nasceu, viveu e deu a sua vida por aqueles que ouvem a sua voz: “Eu sou a porta. Se alguém entrar por mim, será salvo; entrará, e sairá, e achará pastagem. O ladrão vem somente para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância. Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a vida pelas ovelhas” (João 10.9-11).

 

     E como você pode fazer a passagem das trevas para luz, da culpa e rebelião para a paz com Deus? Jesus disse: “Eu vim como luz para o mundo, a fim de que todo aquele que crê em mim não permaneça nas trevas” (João 12.46). Portanto, “Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados, a fim de que, da presença do Senhor, venham tempos de refrigério, e que envie ele o Cristo, que já vos foi designado, Jesus” (Atos 3.19-20). Se assim acontecer, você verdadeiramente terá um Natal Feliz!

 

 

: Senhor Deus, eu entendo que Jesus Cristo morreu por causa dos meus pecados. Ele morreu porque a tua ira estava sobre mim e essa era a única maneira de apaziguar tal ira. Jesus morreu para que pudesse haver perdão para os meus pecados e para que eu pudesse ser adotado como filho de Deus. Somente por causa de Jesus, eu tenho segurança de que a morte não será a palavra final, mas viverei com Cristo na presença de Deus para sempre Assim, Senhor, não há maior e melhor presente do que Jesus. Somente nele é possível ser feliz. Somente por causa dele é possível ter esperança. Somente o amor dele supre a minha necessidade de amor. Somente vivendo segundo ele, é possível ter uma vida que faz sentido. Assim, Senhor Deus, obrigado por Cristo Jesus, o meu Salvador, Senhor e Deus. É no próprio nome dele que eu oro. Amém.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s